ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SÁBADO  05    CAMPO GRANDE 23º

Jogo Aberto

"Clã" Moriningo aguarda transferência para presídio federal

Por Marta Ferreira, Nyelder Rodrigues e Leonardo Rocha | 15/09/2020 06:00
Emidio, no topo do organograma, e os filhos, que foram expulsos do Paraguai na semana passada, após prisão. (Foto: Divulgação PF)
Emidio, no topo do organograma, e os filhos, que foram expulsos do Paraguai na semana passada, após prisão. (Foto: Divulgação PF)

Esperando – Até a tarde de ontem, o trio apontado como chefia de uma quadrilha de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro seguia em poder da Polícia Federal aguardando transferência. Emídio Morinigo e os filhos Kleber e Jefferson devem ir para o presídio federal de segurança máxima de Campo Grande.

Perigosos - A solicitação foi feita pela corporação, que considera pai e filhos líderes de um esquema grandioso de tráfico de cocaína, notadamente. O grupo tem uma turma só para lavar dinheiro e outra para comercializar drogas ilegalmente, segundo as investigações da Operação Status.

Quase - O presidente estadual do MDB, Júnior Mochi, disse que já queria Juliana Zorzo como candidata a vice na eleição passada, quando o candidato foi ele. "Na época tinha uma pendência da Justiça Eleitoral sobre prestação de conta, que poderia enrolar, por isso não deu certo", contou, sem detalhar.

Proximidade - Zorzo disse que aceitou entrar na chapa como vice porque se sente entre amigos no grupo do MDB. "Márcio Fernandes, é um grande amigo que eu tenho, assim como todo o pessoal aqui".

Bons apoios - Fernandes disse que seu grupo de apoio é muito forte. "Aqui temos o melhor prefeito que já existiu em Campo Grande e a Simone que é destaque nacional", em alusão ao ex-prefeito André Puccinelli e à senadora do MDB.

Sobreviventes - A senadora Simone Tebet (MDB) disse que o fim das colocações na proporcional vão deixar apenas os partidos fortes e com ideologia em atividade. "Não precisamos ter 32 a 40 partidos no País. Nem tem tanta ideologia para isto. Vão ficar os fortes e depois muitos vão se unificar e fundir".

Narrador à distância - Com a convenção virtual fechada apenas para integrantes do PSL, o pré-candidato a prefeito Vinicius Siqueira acabou, no improviso, retransmitindo tudo com um celular que gravava o usado para participar da convenção, no Facebook.

Alô, amigo - Enquanto o evento ocorria, Siqueira respondia mensagens de apoio, feitas inclusive por políticos, como o vereador Valdir Gomes (PSD), o candidato a prefeito Guto Scarpanti (Novo), e o deputado estadual João Henrique Catan (PL), que se manifestou com um amigável "segue firma com a cabeça levantada gordinho!".

Recado- "Besta é quem acha que a corrupção tem ideologia. Corrupção não tem ideologia. Tem pessoas corruptas de direita, tem pessoas corruptas de esquerda", destacou Siqueira durante a live, após ter a candidatura barrada na convenção - impugnada pelo diretório estadual nesta segunda (14).

Números –O TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) apresentou estatística mostrando que durante seis meses de teletrabalho, por causa da pandemia de covid-19, foram mais de 850 mil processos julgados, despachos e decisões proferidas em 1ª e 2ª instâncias. Considerando os julgamentos de ações, de 16 de março a 6 de setembro, 100.937 processos só na justiça de 1º grau; 35.922 nos juizados especiais; 4.919 recursos nas turmas recursais, e 39.481 no 2º grau, totalizando 181.259 processos julgados.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário