A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


27/05/2013 06:05

Em Campo Grande, até gato sofre sem remédio

.

Eleição “fria” - A propaganda dos candidatos a prefeito em Jardim, Bela Vista, Caracol e Figueirão poderia começar já neste fim de semana, mas foi “fria”, seguindo o ritmo do clima de Outono. Os onze candidatos a prefeito escolhidos nos quatro municípios onde ocorrerão eleição suplementar no dia 7 de julho foram definidos na sexta-feira, quando terminou o prazo para registro das candidaturas.

Campanha - Pelo calendário eleitoral, a campanha em geral, com comícios, carreatas, uso de carros de som, bandeiradas e panfletagens, será realizada no período de 25 de maio a 6 de julho. Já a propaganda eleitoral gratuita no rádio acontecerá entre os dias 15 de junho a 4 de julho.

Bosque sem Bernal - Uma ausência foi sentida durante o evento em que o Grupo Jereissati, responsável pela construção do Shopping Bosque dos Ipês, anunciou novos investimentos na Capital, torres comerciais, um hotel e um residencial ao lado do centro de compras. O prefeito Alcides Bernal (PP) não foi nem mandou representante.

Tô nem aí - Apesar de já ter escolhido uma interina para a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e do Agronegócio, Dharleng Campos de Oliveira, o prefeito Alcides Bernal ainda tem uma administração que não dá a devida importância aos eventos econômicos de Campo Grande.

Desleixo - Na semana passada, organizadores da visita do cônsul do Japão a Campo Grande lamentaram que só na última hora conseguiram agendar um encontro com o prefeito e ainda assim, por pouco não tomaram um bolo.

Ninhada - Até para os bichos a administração atual não vai bem. Não é só nos postos de saúde que falta remédio. Os donos de gatos de Campo Grande estão reclamando que o CCZ suspendeu o programa de castração de gatos por falta de analgésico.

Reflexo – Depois de mudança na lei das domésticas, o número de trabalhadores nesta área teve redução de 8,4%. Antes, os números eram só crescentes. Já era difícil encontrar alguém e deve ficar cada vez mais escassa essa mão de obra.

Até 2023 - O governo federal anuncia que “se tudo correr bem”, rodovias como a BR 163, em Mato Grosso do Sul, estarão duplicadas e monitoradas por câmeras em dez anos. Mas as propostas para a administração começam a gerar polêmica desde agora.

Acidente contra reajuste - Uma novidade que deve gerar debates é a proposta de autorizar aumentos das tarifas de pedágio sempre que as concessionárias autorizadas a explorar essas rodovias consigam reduzir o número de acidentes.

Limites - Projeto de lei complementar em discussão na Câmara dos Deputados pretende limitar a criação de municípios no Brasil, adotando como critério o índice populacional. O texto exige, por exemplo, que no Centro-Oeste o número mínimo de habitantes seja de 5 mil pessoas. Sendo assim, o caçula sul-mato-grossense Paraíso das Águas está com tudo certo.

#FicaTemer: governo vai deixar saudades, avalia Marun
#FicaTemer – A hastag bombou nas redes sociais impulsionada por eleitores que fazem oposição ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro, e o ministro ...
O ato falho de Odilon ao anunciar apoio
Tropeço – No ato em que recebeu apoio do MDB na disputa pelo governo estadual, Odilon de Oliveira (PDT) também aproveitou para declarar seu apoio a J...
Deputada não reeleita critica regras
Justificativa - A deputada Mara Caseiro (PSDB) comentou ontem na Assembleia Legislativa que não se elegeu pelas regras da legenda, já que sua votação...


Muito ruim o CCZ não estar mais atendendo os gatinhos. Eu sempre levava gatos de rua (para evitar mais ninhadas) para castração e agora não posso mais. Lamentável essa falta de investimento, ainda mais quando se sabe que tem dinheiro no caixa da prefeitura que infelizmente são desviados pela corrupção.
 
Monica Marcato em 27/05/2013 22:21:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions