A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


03/04/2018 06:00

Lula motiva protestos pró e contra

Marta Ferreira

Nas ruas - Na véspera do julgamento que vai decidir se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá ser preso em razão da condenação em segunda instância, grupos contrários e favoráveis a ele prometem ir para a rua em Campo Grande. Estão marcados atos em locais e horários diferentes.

Na Afonso Pena – O movimento “Vem pra Rua” vai se manifestar, às 18h, no local que já virou tradição, em frente ao MPF, na avenida mais conhecida de Campo Grande. A via também vai receber o ato favorável a Lula, às 16h, antes disso, mas no cruzamento com a 14 de Julho.

Vou ficar - O deputado Geraldo Resende (PSDB) garante que não vai deixar os tucanos na janela partidária, período que permite a troca de partido por quem está em mandato neste ano, a tempo de candidatar-se. Garante, porém, que os convites têm aparecido para trocar de legenda.

Opções - "Me sinto confortável e com segurança no PSDB, por isso não vou mudar", afirmou Geraldo à coluna. Sobre a escolha do partido dos candidatos ao Senado, disse que se não for um dos escolhidos vai disputar novamente a reeleição para deputado federal.

No aguardo - O secretário estadual de Obras, Marcelo Miglioli, disse que ainda aguarda uma definição do PSDB até o final desta semana, para saber se continua no cargo de secretário ou se deixa a função para ser candidato ao Senado. Ele disputa a vaga com outro integrante do primeiro escalão, o secretário de Governo e Gestão Estratégica.

Decisão interna – Miglioli repetiu o discurso que tem sido adotado na cúpula do Parque dos Poderes. "Não há uma decisão ainda, estamos conversando dentro do governo, o importante é seguirmos unidos".

JK – Ricardo Ayache recorreu a Juscelino Kubitscheck para definir seu futuro na vida pública, logo depois de anunciar a desfiliação do PSB e a desistência de disputar mandatos nas eleições deste ano. “Política é destino”, sentenciou, usando frase do ex-presidente.

Reticências - O médico, porém, foi enigmático ao tratar do que parece ser um adeus à política. “Vamos ver o que está por vir. O importante é o compromisso com a história que a gente tem, mais importante que a política”.

Tô fora – A saída de Ayache do páreo atinge, de certa forma, palanques dos quatro principais candidatos ao governo. Ex-PT, agora desfiliado do PSB – que negocia com MDB e PSDB– e visto como bom nome para dar suporte ao projeto do PDT, o presidente da Cassems garante que não pretende sequer subir em palanques neste ano, concentrando-se na entidade dos servidores.

Trocas – Mudanças em batalhões da Polícia Militar, conforme o secretário de Segurança Pública Antônio Carlos Videira, devem ser publicadas nessa semana no Diário Oficial. Oficiais promovidos se reuniram, na segunda-feira (2), com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

 

(Com Leonardo Rocha, Humberto Marques, Kleber Clajus) 

 

Justiça autoriza envolvidas na Lama Asfáltica a votar
Urna – A Justiça Federal autorizou duas envolvidas na operação Lama Asfáltica, que estão cumprindo prisão domiciliar, a exercer o direito do voto no ...
Dagoberto mente, diz liderança do PDT
É fake – As última declarações do deputado federal e presidente do PDT em Mato Grosso do Sul, Dagoberto Nogueira, sobre os pedidos de expulsão do jui...
Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions