A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Janeiro de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


03/02/2018 07:00

Marquinhos teme prejuízo das eleições à gestão

Marta Ferreira

Cautela – Marquinhos Trad (PSD) exalou certa preocupação com o ano eleitoral em sua fala na Câmara Municipal nesta sexta (2). O prefeito pediu aos vereadores e à plateia que, em caso de candidaturas, “deixem de lado as paixões partidárias” e pensem na coletividade –denotando o temor de que debates que miram as urnas atinjam sua gestão.

Força – Ao citar o nome de todos os vereadores, em discuso na abertura do ano legislativo, Marquinhos fez questão de deixar Lucas de Lima (SD) por último. A ele, direcionou uma “mensagem de força” para que continue a briga na Justiça para preservar o mandato –em risco após condenação transitada em julgado.

Exemplo – Marquinhos também fez deferência especial à mulher do vereador João Rocha, Rose, que enfrenta problemas de saúde. Citou que ela serve de exemplo para superar os problemas enfrentados nos últimos tempos na administração da Capital.

Pendência – Escalado para falar em nome dos vereadores na abertura do ano legislativo, o Delegado Wellington (PSDB) listou entre as prioridades para este ano o debate com a CCR MS Vias envolvendo os pedágios na BR-163, motivo de reclamação dos moradores do distrito de Anhanduí que precisam pagar pela circulação até a sede do município.

Animalesco – As morte de animais atropelados nas imediações do aeroporto de Bonito levaram o Ministério Público de Mato Grosso do Sul a recomendar à prefeitura daquele município a readequação das obra de recapeamento, ciclovia e iluminação da MS-178,que liga a cidade ao aeródromo, sob pena de sofrer ação na Justiça. A ideia é facilitar a travessia dos bichos.

Às claras – Em Amambai, o Ministério Público de Mato Grosso do Sul espera que o presidente da Câmara, Dilmar Bervian (DEM) tome medidas para deixar mais claras e precisas as justificativas para o pagamento de diárias a vereadores. Do contrário, o MPMS promete tomar medidas jurídicas contra o parlamento e o seu responsável.

Indenização – O presidente da Câmara de Corumbá, Evander Vendramini (Progressistas), recebeu recomendação também do MP|E para se abster de pagar indenizações ao funcionalismo da Casa por férias não gozadas. A medida foi tomada em meio a confirmação de pagamentos que chegaram ao dobro da remuneração do servidor.

De folga – O promotor Luciano Conte, na recomendação a Vendramini, reforçou que o Estatuto dos Servidores de Corumbá –que vale também para o Legislativo da Cidade Branca– determina que os servidores só podem ter as férias interrompidas por necessidade declarada de serviço, e que o restante do período de folga deve ser gozado de uma só vez.

Sem mudança - O partido do ex-governador André Puccinelli agora é o MDB. Mas na fachada do diretório, e também em todo o escritório, o nome continua PMDB. E se depender do presidente, vai continuar assim por um bom tempo.

Pra quê - Indagado se vai mandar alterar a programação visual ao novo nome, Puccinelli tem sido categórico. Diz que considera dinheiro jogado fora e manda a pergunta de volta: "quem liga para placa?". 

(Com Humberto Marques e Aline Santos)

 

E a Zara? Fecha ou não fecha no dia 31?
Enrosco - Depois de comunicar a todos os clientes que fecharia as portas em Campo Grande, a rede de lojas Zara anunciou que voltou atrás e vai contin...
Briga por gabinete é causa "interna corporis"
É com vocês – O desembargador Eduardo Rocha negou pedido do futuro deputado João Henrique Catan (PR) para obrigar a Mesa Diretora da Assembleia Legis...
Direita contra a direita
Última a saber - A senadora Soraya Thronicke estava tranquila na China e, só ao ser entrevistada na manhã de ontem (17), ficou sabendo o quanto era e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions