A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2020


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


09/01/2020 06:00

Notificação demora para chegar a garagem de ônibus

Marta Ferreira
Passageiros acessando ônibus da Capital. (Foto: Arquivo)Passageiros acessando ônibus da Capital. (Foto: Arquivo)

Continua - A Agereg (Agência de Delegacia dos Serviços Delegados) em Campo Grande recebeu nesta quarta-feira (8) a notificação da decisão liminar do Tribunal de Contas do Estado suspendendo o reajuste de 15 centavos no transporte coletivo da cidade, aplicado no fim de dezembro. A decisão é do dia 7 e o consórcio aguardava notificação para fazer valer a ordem.

Explicando - É que a decisão, para ser cumprida, precisa ser comunicada tanto à agência, quanto à Prefeitura de Campo Grande e ao principal interessado, o Consórcio Guaicurus. Até ontem por volta das 19h30, isso não tinha ocorrido. 

Trâmite- Ao comentar o não recebimento da notificação, o procurador-geral do município, Alexandre Ávalo, disse que o Poder Executivo precisa ser notificado para a liminar valer, mas ressalvou que a prerrogativa de tentar derrubar a determinação é das empresas que exploram o transporte coletivo.

Recurso - A questão, tudo indica, deve parar no Judiciário. A apuração feita pela coluna indica que a assessoria jurícia do Consórcio entende que o Tribunal de Contas não tem legitimidade para forçar a suspensão do aumento, prevista em contrato.

Mentiras virtuais - O curso de Ciências da Computação da UFMS pesquisa uma forma de detectar fakenews. O projeto foi batizado de “Detecção de notícias falsas utilizando aprendizado de máquina transdutivo e classificação de uma única classe”, usando algoritmos.

 

Falsidade - “O nosso objetivo é treinar algoritmos de aprendizagem de máquina, que são capazes de distinguir entre mensagens as notícias que são verdadeiras e as que são potencialmente falsas”, diz o professor e coordenador da pesquisa, Bruno Magalhaes Nogueira.

Política - Apesar de amostragem pequena, só com notícias de política, os pesquisadores dizem que conseguiram bons resultados. “Alcançamos uma faixa entre 80-90% de acerto, que é bastante razoável, mas são notícias a um foco muito limitado a política, assunto que mais tem aparecido fake news ultimamente”, explica Bruno.

Folga - Em 18 dias de recesso, plantão do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul recebeu 89 processos em 2º Grau, a maioria pedidos de habeas corpus, que somaram 62 solicitações. E neste ano, pelo menos 34 dias o esquema vai ser o mesmo no TJ, com pontos facultativos e feriados na justiça estadual.

Depois - A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul só editou ontem normativa orientando seus integrantes sobre a lei de abuso de autoridade, que entrou em vigor no dia 3 de fevereiro. Em alguns estados, segundo a coluna apurou, havia recomendação desde antes mesmo da entrada em vigor da medida legal.

Precaução - Em Goiás, por exemplo, a chefia da polícia judiciária baixou medida logo que o ano começou recomendando aos delegados de Polícia Civil que se abstenham de expor presos para não sofrer as punições da legislação. As regras já adotadas em outras regiões acabaram servindo de modelo para a que foi tornada pública por aqui nesta quarta-feira.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions