A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Julho de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


24/08/2015 06:00

Novo protesto contra corruptos convoca "vassourada"

.

Limpeza geral - Grupo organizado no Facebook está convocando o público para outro protesto contra a corrupção, mas no dia 26 de agosto, aniversário de Campo Grande. O pedido é para que as pessoas levem vassouras e rodos até a Praça do Rádio Clube, às 9h.

A caráter - Os manifestantes também combinaram de aparecer de preto, ao contrário do verde e amarelo que predominou nos protestos contra a presidente Dilma. Quem quiser levar baldes e produtos de limpeza, também será bem vindo, avisam os organizadores.

Estelionato duplo - Tem hospital em Campo Grande lavando as mãos em relação aos crimes cometidos por golpistas contra pacientes ainda internados. Os estelionatários ligam no quarto dos doentes, se apresentam como médicos, e acabam tirando dinheiro deles, dizendo que precisam de depósitos para compra de remédios.

Termo de segurança – Esse tipo de crime é tão comum, que os hospitais agora obrigam a pessoa a assinar documento logo ao dar entrada. Quando o paciente vai reclamar, a direção vira as costas e justifica que o responsável assinou um termo em que isenta a instituição de qualquer responsabilidade sobre golpe que venha a sofrer durante a internação.

Sem leitos - Para os pacientes do SUS que não cansam de reclamar do atendimento ruim, situação bem pior enfrentam as pessoas que dependem de leitos psiquiátricos no Sistema Único de Saúde. O número de vagas diminuiu quase 40% no Brasil, desde 2006.

Sem hospitais - Números divulgados pelo Governo Federal mostram que há 11 anos havia 40.942 leitos em 228 hospitais psiquiátricos. Atualmente, são 25 mil e a quantidade de hospitais especializados em funcionamento pelo SUS é de apenas 166 no País.

Tudo pronto - Os vereadores devem votar nesta semana o pedido de afastamento do prefeito Gilmar Olarte. A Procuradoria Jurídica da Câmara já enviou parecer à mesa diretora da Casa. Nessa votação, diferente da Comissão Processante, só é necessária maioria simples para tirar o cargo do prefeito.

Sempre falta 1 - A comissão formada na Assembleia Legislativa para acompanhar as investigações da Operação Lama Asfáltica, apesar de ter sido criada há mais de uma semana, ainda não definiu o presidente, nem o relator. Os deputados escolhidos precisam se reunir para chegar a um acordo. Porém, ainda nunca conseguiram reunir os 5 membros em reunião.

Novela - O senador Delcídio do Amaral anunciou que vai se reunir nos próximos dias com o ministro das Minas e Energia e o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica para pedir o cumprimento da legislação que garante a Mato Grosso do Sul o ICMS incidente sobre comercialização da energia gerada nas Usinas Hidrelétricas de Jupiá e Ilha Solteira, na divisa do Estado com São Paulo.

Fora do mapa - O problema é que no dia 18 de agosto o Ministério das Minas e Energia publicou portaria no Diário Oficial da União inserindo Mato Grosso do Sul como o estado onde estão localizadas as usinas. Mas 3 dias depois, pressionado pelo do governador Geraldo Alckmin, de São Paulo, o Ministério republicou a portaria apontado apenas o Rio Paraná como referência.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions