A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Setembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


01/08/2017 06:00

Parte da bancada diz que só decide 'no dia' voto sobre Temer

Marta Ferreira

Não conto - Os deputados Luiz Henrique Mandetta (DEM), Tereza Cristina (PSB) e Geraldo Resende (PSDB) fazem mistério sobre seus respectivos votos sessão sobre a denúncia de Michel Temer (PMDB), prevista para esta quarta-feira (2). Alegam que a decisão será no dia e que ainda existem reuniões com os partidos, no caso do PSDB e DEM. Os três fazem parte da base aliada do presidente.

Placar - á Carlos Marun (PMDB), aliado e defensor de Michel Temer, já conta vitória, dizendo que assim que a base vai conseguir vencer a oposição, que segundo o peemedebista não chega nem perto dos votos que precisavam. "Eles não têm sequer 200 votos, nas minhas contas estão por volta de 171". Para a denúncia ser aceita se precisa de dois terços da Câmara, ou seja, o apoio de 342 dos 513 deputados.

E o salário, ó – Chamou a atenção o valor dos salários oferecidos para os cargos em disputa no concurso público da Câmara Municipal de Campo, cujo edital foi lançado ontem. São R$ 2.833,33 para nível superior e R$1.672,27 para o médio. Remuneração aquém de encontradas no funcionalismo público, inclusive no Legislativo de outras cidades.

Explicação – Representantes da Casa de Leis fazem questão de lembrar que este é o valor inicial, que será reajustado com o passar dos anos. Dizem, ainda, que esta foi a saída para não impactar nas finanças. O raciocínio é que um  salário alto já de início em curto prazo ficaria inviável para os cofres do Legislativo municipal

Depoimento - Secretário de Fazenda de Mato Grosso do Sul, deputado federal licenciado, Márcio Monteiro (PSDB) será convocado para depor à CPI da Assembleia Legislativa que investiga irregularidades fiscais na concessão de benefícios fiscais. Ele está de férias, desde a semana passada.

Outros nomes - Na lista de convocados, segundo o presidente da CPI, Paulo Corrêa (PR), também estão o ex-prefeito de Porto Murtinho e presidente da Fundação de Turismo do Estado, Nelson Cintra, citado nas delações pela suposta emissão de nota fiscal falsa de R$ 296 mil no dia 3 de novembro de 2016 e o superintendente do Mapa (Ministério da Agricultura) Celso Martins.

Desdobramentos - Já está com o Ministério Público Estadual o vídeo que mostra a desembargadora Tânia Garcia de Freitas indo ao presídio de Três Lagoas levando um documento com o qual tirou o filho, Breno Solon, preso por tráfico, e levou para uma clínica no interior de São Paulo, como autorizou uma decisão judicial. O problema é que a atuação dela está sendo questionada, pois teria ocorrido de forma irregular. 

Providências - O MPE (Ministério Público Estadual), que vai recorrer da decisão que permitiu a ida de Breno para uma clínica, também poderá abrir investigação sobre a forma como a desembargadora conseguiu a saída do filho da clínica. Ela teria desobedecido à lei.

Acompanhante - No vídeo das câmeras do presídio, a desembargadora está junto de um advogado e também de uma outra pessoa. Segundo as informações obtidas pela coluna, trata-se de um policial civil, cuja presença no local também será alvo de investigação.

Provocação - A chegada com tudo de redes nacionais de farmácia a MS, em 2012, mexeu com o mercado local e balançou profundamente as estruturas da rede São Bento, até então líder praticamente sozinha. Uma das marcas é a Drogasil que, recentemente, abriu uma loja bem em frente a um dos principais endereços da concorrente, na esquina da Rua Amazonas com a Rua Ceará. 

(Colaboraram Richelieu de Carlo, Leonardo Rocha e Anahi Zurutuza)

Expogrande sonha com Roberto Carlos para edição de 2018
“Só nomes “top” - É o que a direção da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) quer trazer para a edição de 2018 da feira, que será...
Coincidência trágica e violenta uniu Mayaras na Capital
Coincidência trágica – Não só o nome, mas o destino trágico uniu duas Mayaras em Campo Grande. Mayara Amaral, de 27 anos, foi assassinada no dia 24 d...
CPI estuda nem ouvir donos da JBS
Inócuo - Diante de tantas confissões da JBS de que não fez os investimentos prometidos em Mato Grosso do Sul, a CPI criada na Assembleia Legislativa ...
Atitude de procurador mobiliza cúpula do MPE
  Apagando incêndio-A suspeita de que o procurador Gilberto Robalinho mandou tirar do lugar um veículo envolvido em acidente com morte mobilizou a cú...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions