A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


02/05/2018 06:00

Passeio reflete pessimismo do trabalhador

Marta Ferreira

Esvaziado – Em meio ao clima de crise no mercado de trabalho, com o desemprego ainda em alta, o passeio ciclístico tradicional em Campo Grande foi um retrato do momento. Atraiu bem menos gente que em anos anteriores e foi pouco prestigiado por políticos.

Público menor – O público estimado pelos organizadores neste Primeiro de Maio foi de 5 mil pessoas, contra uma expectativa de 8 mil. Considerando que em edições anteriores, já houve mais de 15 mil participantes, a festa diminiu bastante

Único – No meio do passeio, organizado pelo ex-vereador Clemêncio Frutuoso Ribeiro, o ex-prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PTB), foi uma exceção. De camiseta da seleção, participou e opinou que a data oferecia, sim, motivos para comemorar.

Argumento – Indagado, Nelsinho citou que a reforma trabalhista, em vigor deste o ano passado, trouxe mais postos de trabalho. Sem dar números, citou como fonte para a afirmação o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). No Estado, o último relatório a respeito, na verdade, mostra fechamento de mais de 6 mil vagas em março, pior resultado desde 1992.

Afinada – No palco da praça do Rádio para falar ao público presente à Festa do Trabalhador, a Professora Rose (PSDB) não se intimidou: com microfone na mão, a vice-governadora puxou o coro de “Tocando em Frente”, de Almir Sater, chamou o público para cantar junto e saiu aplaudida. Na sequência, ainda participou do sorteio de prêmios.

Fechadíssimo – Presidente da Força Sindical no Estado e integrante do Diretório Regional do Solidariedade, Idelmar da Mota Moreira reiterou nesta terça-feira (1º) que o partido segue alinhado com o PSDB nas eleições deste ano em Mato Grosso do Sul. O acordo foi sacramento pelo presidente nacional do SD, Paulinho da Força, com o governador Reinaldo Azambuja.

Descanso – Para prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), o Dia do Trabalhador foi de descanso neste ano. Ele viajou durante o feriadão e tinha retorno previsto para a noite de terça-feira. Em 2017, havia participado do passeio ciclístico.

Oportunidades - Segundo eliminado deste ano da Batalha dos Confeiteiros, programa da Rede Record, o confeiteiro de Campo Grande Ineu Silva já está aproveitando a fama para lucrar. Está anunciando curso para a primeira quinzena de maio usando como um dos chamarizes a divulgação que conseguiu, apesar da saída precoce.

MS x MT – Apesar de morar, e trabalhar, em Campo Grande, no programa Ineu apareceu sempre como participante vindo do Mato Grosso. Sua legenda sempre informava como origem a cidade de Rondonópolis.

Difícil – Ao longo dos dois episódios em que esteve no ar, o confeiteiro foi visto com desconfiança pelos concorrentes. No episódio em que saiu da atração, foi considerado o principal responsável pelo fracasso do projeto de fazer um bolo que parecesse um lustre.

(Com Mayara Bueno, Guilherme Henri, Humberto Marques e Kleber Clajus)

 

Justiça autoriza envolvidas na Lama Asfáltica a votar
Urna – A Justiça Federal autorizou duas envolvidas na operação Lama Asfáltica, que estão cumprindo prisão domiciliar, a exercer o direito do voto no ...
Dagoberto mente, diz liderança do PDT
É fake – As última declarações do deputado federal e presidente do PDT em Mato Grosso do Sul, Dagoberto Nogueira, sobre os pedidos de expulsão do jui...
Depois das eleições, vem o "limpa pauta" na Assembleia
Só depois - O deputado estadual Cabo Almi (PT), reeleito para mais um mandato, admite que a normalidade das sessões da Assembleia só vai ser retomada...
Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions