A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


18/02/2017 07:00

Pedem de tudo ao prefeito, até para dar recado ao vizinho

Waldemar Gonçalves

Prefeito na rua – O campo-grandense já sabe que o prefeito Marquinhos Trad (PSD) dedica parte do tempo na rua, vistoriando obras. E tem gente que anda preparada, à espera de uma oportunidade para um papo com ele.

Vaga na creche – Na tarde de ontem, em meio às obras de recapeamento na Rua Guia Lopes, um pai de família entregou uma cartinha escrita à mão pedindo uma vaga para a filha na creche municipal perto de sua casa. Trad dobrou o papel, agradeceu e pôs no bolso.

Pedidos esdrúxulos – Ao caminhar, as pessoas vão abordando Marquinhos com cada pedido... "Prefeito, está vendo essa água escorrendo? É da piscina do meu vizinho e duas vezes por semana jorra pela rua. O senhor tem que ir lá pedir para ele parar de fazer isso". Com toda calma que lhe é peculiar, o prefeito agradece e responde: "mandarei um fiscal".

Culpa do Uber – Mais três passos e um taxista aparece: "Prefeito, sou do ponto de taxi do Shopping Norte Sul e fiz só três corridas hoje por causa do Uber. Pela manhã foram uns 30 lá pegar nossos clientes", disse.

Aplaudido – No caso do taxista, saiu com a garantia de Marquinhos de que o Uber será regularizado para que a concorrência seja leal. Na sequência, o prefeito entra numa creche, onde deu autógrafos para mais de 20 crianças que gritavam seu nome.

Erros repetidos – Sobre reportagem do Campo Grande News que denuncia sumiço de dinheiro público repassado a uma ONG que não entregou mais de 200 casas às famílias da Cidade de Deus, Trad afirma: "Assim que eram feitas as coisas na gestão anterior. Eles também adiantaram R$ 20 milhões para as lâmpadas de led, não utilizaram nada e a empresa também sumiu".

Acertado, mas incerto – O deputado estadual Beto Pereira (PSDB) ainda não quis cravar a escolha do seu nome para presidência da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), a principal da Assembleia Legislativa. Diz que, apesar de encaminhada sua eleição ao posto, vai aguardar reunião marcada para a próxima terça-feira (21).

Primeira missão – As demais comissões permanentes da Assembleia também devem ser definidas na semana que vem. Na primeira missão está a análise dos projetos de reformas do governo, que devem chegar na terça.

Vagas – Depois de meses justificando o atraso na realização do concurso para a Câmara Municipal de Campo Grande, pois estavam sendo feitos estudos de levantamento de vagas, foi assinado ontem pelo presidente da casa, João Rocha (PSDB), o contrato com a Fapec para a realização do certame. De acordo com o secretário da fundação, Reinaldo Fagundes, o próximo passo será: "fazer um levantamento oficial dos cargos a serem preenchidos".

Estudo prévio – Segundo João Rocha, o levantamento anterior, que chegou à conclusão de que seriam necessárias 95 vagas, das quais 14 de fundamental, 61 nível médio e 20 vagas para ensino superior, era apenas "um estudo prévio". O ‘para valer mesmo’ será feito pela Fapec, sendo previstas alterações nos números.

(com Alberto Dias, Leonardo Rocha e Richelieu de Carlo)

Campanha tucana atrai 75% dos prefeitos
Apoio – Enquanto o MDB, antigo aliado histórico do PSDB, patinou para fechar sua candidatura do governo do Estado, os tucanos contabilizam adesões. N...
Dois anos após "febre", Uber perde motoristas
Debandada – Quase dois anos depois de chegar a Campo Grande, e depois de muita polêmica, a plataforma de transporte por aplicativo mais conhecida, a ...
Cristhiano Luna é o nosso Lula
Livre - Um dos crimes de maior repercussão em Campo Grande teve novo capítulo na semana passada. O STF concedeu liminar e soltou Cristhiano Luna, ass...
Marquinhos sugere paciência com rotatória
Comparações – O prefeito Marquinhos Trad (PSD) comparou o período de adaptação de motoristas aos semáforos na rotatória da Gury Marques com Interlago...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions