A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


11/03/2017 07:00

Prefeitura usa o 'mal do mundo' para combater a dengue

Waldemar Gonçalves

Todo mundo quer – Uma multidão levantou cedinho ontem para sacar o FGTS de contas inativas. Na agência da Caixa da Avenida Bandeirantes, chamou a atenção a presença do vereador Waldir Gomes (PP). Alguém classificou como “inusitado” o fato de o parlamentar estar entre os primeiros a ter ido atrás do benefício.

Premiação – O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), anunciou ontem, durante lançamento da campanha contra a dengue, que aqueles que deixarem o terreno das suas residências limpos e sem focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti concorrerão a prêmios, assim como os agentes de saúde.

Só assim – O chefe do Executivo, entretanto, lamenta a necessidade de incentivo financeiro para que as pessoas se empenhem mais em erradicar o mosquito. “No mundo de hoje, o que atrai o ser humano é o dinheiro. O dinheiro é o verdadeiro mal do mundo”, afirmou Marquinhos, antes de falar sobre a premiação.

Em dia – Além das condições já mencionadas, o contribuinte que for sorteado deve estar em dia com o pagamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Assim que foi anunciada essa ressalva, agentes de saúde que lotavam o plenário da Câmara Municipal caíram na gargalhada.

Mil reais – Dos risos, logo mudaram para a comemoração, quando o prefeito revelou que o agente de saúde que atende a família sorteada, e merecedora do prêmio, receberá uma bonificação de R$ 1 mil. “Foi uma lembrança do João Rocha (vereador tucano presidente da casas de leis)”, justificou o chefe do Paço Municipal.

Sem desconto – Após o evento, Trad afirmou que não cogita cortar o dia não trabalhado do salário dos professores que aderirem à greve nacional, marcada para o próximo dia 15. “Não queremos chegar a esse ponto”, disse.

Crise do gás – O prefeito também demonstrou estar preocupado com a crise que o Governo do Estado enfrenta por uma possível perda de quase R$ 700 milhões com arrecadação de ICMS da compra do gás boliviano. “Me preocupa sim. O governo é um pai de 79 municípios, que dependem de recursos. Com menos arrecadação, os repasses diminuem”, lamenta.

Novamente – Procurador jurídico da Câmara Municipal, André Scaff, mais uma vez foi destaque no noticiário da Capital por indícios de corrupção. Mesmo assim, João Rocha não pensa em afastar definitivamente Scaff do seu cargo no Legislativo.

Bom funcionário – “Enquanto esteve na casa, (André Scaff) desempenhou suas atividades à altura do cargo que ele exerce. Não tem nenhum fato que desabone a conduta dele como servidor público” justifica o presidente da casa. “Tem que aguardar todo esse processo. Você não pode punir alguém até que realmente seja julgado”.

Olho na rota – O Luiziânia voltará a jogar em Mato Grosso do Sul em junho. Dia 11, disputará partida válida pela Série D contra do Sete de Setembro, em Dourados. Ano passado, eles tiveram que viajar quase 2 mil km a mais porque, em vez de voarem até Campo Grande, foram parar em Cuiabá por uma falha geográfica do seu pessoal da logística.

(com Leonaro Rocha e Richelieu de Carlo)

Rotatória da Coca-Cola e a falta de educação
Boca-suja– O diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Janine de Lima Bruno, contou nesta semana que mudanças na confluência ent...
MDB teve divisões sobre Mochi candidato
Opinião – O deputado Eduardo Rocha (MDB) admite que a escolha de Junior Mochi para candidato na legenda não teve consenso desde o início, após a desi...
Senador critica "descaso" com Paraguai
Vizinho desprestigiado – O ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo, e o senador Pedro Chaves (PRB/MS) foram os dois únicos representantes de ...
Campanha tucana atrai 75% dos prefeitos
Apoio – Enquanto o MDB, antigo aliado histórico do PSDB, patinou para fechar sua candidatura do governo do Estado, os tucanos contabilizam adesões. N...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions