A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


14/02/2018 06:00

Puccineli prevê Rose como campeã de votos

Marta Ferreira

Vidente – André Puccinelli (MDB) e Rose Modesto (PSDB) se abraçaram ao se encontrar no velório do ex-governador Wilson Barbosa Martins. O emedebista não perdeu tempo para falar de política: “será a deputada federal mais votada, olha minha premonição”.

Fã no velório – Puccinelli ainda cumprimentou eleitor que disse segui-lo em tudo e querer morrer junto. A fala causou espanto no ex-governador: “morrer abraçado não, mas continuar abraçado sem morrer”.

Agradecimento - Em meio à tristeza, que marcou toda a família, FabianJallad, neta do ex-governador Wilson Barbosa Martins, conseguiu sorrir. Um sorriso triste, é verdade, justo para o momento. Mesmo consternada e com os olhos lacrimejantes, ela abraçou cada um dos jornalistas, que estavam em frente da casa de Wilson, buscando as primeiras informações sobre o falecimento do ex-governador. “Agradeço pelo trabalho de vocês”, disse.

Cortado – Políticos e vereadores de Corumbá entraram na folia de Carnaval com um gosto amargo na boca. Poucos de começar o feriadão do Carnaval, a juíza Luiza Figueiredo, da Vara de Fazenda Pública da cidade, aceitou pedido do Ministério Público e suspendeu o reajuste salarial do prefeito, vice, secretários e vereadores, por violação à Lei de Responsabilidade Fiscal.

Prazos – Os reajustes foram determinados por meio de duas leis, aprovadas em 27 de outubro de 2017 e que já haviam sido liminarmente suspensas. Só o vencimento do prefeito subiria de R$ 26 mil para R$ 32,5 mil. As leis, aumentando despesas para os cofres de Corumbá, foram aprovadas a menos de 180 dias da troca de mandato, o que é vedado pela lei fiscal.

Tesoura – Se a moda pegar, vários municípios do Estado ficarão sem realizar eventos culturais para determinados segmentos. Recomendação do Ministério Público de Mato Grosso do Sul para que a Prefeitura de Água Clara não realize evento em alusão ao Dia do Evangélico, em 31 de outubro, foi acatado pelo prefeito Edvaldo Alves de Queiroz (o Tupete).

Laico – O MPMS recomendou ao prefeito que não promova eventos futuros com verbas públicas e os divulgasse em veículos oficiais. No caso do Dia do Evangélico, pesou para o promotor Paulo de Freitas o caráter religioso do evento, já que o Brasil é um Estado Laico –ele diz que a prefeitura pode apoiar eventos culturais, mas sem tal característica.

Histórico – Freitas, porém, alertou que há outra situação a ser verificada em Água Clara. Em 2013, a prefeitura destinou para o Dia do Evangélico R$ 100 mil, mesmo com o MPMS sendo contra. Dois anos depois, investigação apontou irregularidades no uso de verbas públicas, apontando ordens de pagamento relativas a anos anteriores, violando a Constituição.

SPC – Principal atração do Carnaval popular de Campo Grande, a banda Só Pra Contrariar agradou principalmente os nostálgicos do chamado "pagode 90". Os mineiros também foram gentis e elogiaram a cidade, angariando ainda mais simpatia.

Valores - O cachê do grupo, liderado por Fernando Pires, foi de R$ 77 mil. Para quem se lembra, a banda tinha como homem de frente o cantor Alexandre Pires que, sozinho, ganha cachês superiores ao dos ex-companheiros juntos, inteiro em sua carreira recheada de shows em cruzeiros.

(Com Humberto Marques, Osvaldo Junior e Kleber Clajus)

Os presos da Lama Asfáltica em números
1 mês – Nesta segunda-feira (19), o ex-governador André Puccinelli (MDB), o filho dele André Puccinelli Júnior e o advogado João Paulo Calves complet...
Rotatória da Coca-Cola e a falta de educação
Boca-suja– O diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Janine de Lima Bruno, contou nesta semana que mudanças na confluência ent...
MDB teve divisões sobre Mochi candidato
Opinião – O deputado Eduardo Rocha (MDB) admite que a escolha de Junior Mochi para candidato na legenda não teve consenso desde o início, após a desi...
Senador critica "descaso" com Paraguai
Vizinho desprestigiado – O ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo, e o senador Pedro Chaves (PRB/MS) foram os dois únicos representantes de ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions