A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Junho de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


01/12/2016 06:00

Reviva Centro esbarra na falta de compromisso da prefeitura

Waldemar Gonçalves

Tamanho do facão – O Governo do Estado já anunciou que precisará conter despesas e, mesmo que não seja em massa, demitir funcionários comissionados para poder atravessar o período de crise. A tendência é que o pessimismo na economia permaneça em 2017. O tamanho do facão é que ainda não está definido.

Sugestão – O secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, pediu apoio dos demais poderes para economizar dinheiro público. Instituições como Assembleia Legislativa e Tribunal de Justiça, que recebem duodécimo do Executivo, poderiam devolver o montante economizado aos cofres públicos estaduais, a exemplo do que já tem feito a casa de leis.

Milhões devolvidos – O deputado estadual Pedro Kemp (PT) lembrou desta devolução ontem, quando Riedel foi até a casa detalhar aos parlamentares o projeto de Orçamento do Estado para 2017. São R$ 2 milhões do duodécimo da casa que voltam para o governo, dando exemplo de economia de custos, disse o petista.

Milhões entrando – O portal da transparência da Assembleia Legislativa, no entanto, mostra que a economia não significa menos dinheiro na casa. O duodécimo de janeiro deste ano, por exemplo, foi de R$ 17,1 milhões. Em setembro chegou a R$ 22.5 milhões.

Esperança e descrédito – Uma mistura de esperança e descrédito é como pode ser definida a expectativa de setores do comércio quanto ao projeto Reviva Centro, que, como indica o próprio nome, promete uma cara nova à região central de Campo Grande. "Não sou contra. Conversei recentemente com o futuro prefeito e ele garantiu que vai ressuscitar isso aí, coisa que eu duvido”, puxou a orelha de políticos ontem o presidente da Fecomércio, Edison Araújo.

Falta de continuidade – Segundo o dirigente, a razão do descrédito com a classe política está na falta de continuidade em relação à proposta. “O que me preocupa é que o Poder Público não tem responsabilidade nenhuma, começa a obra e para, um dia porque acaba mercadoria, outra porque não paga fornecedor. Aí acaba igual a Júlio de Castilho. Isso me preocupa".

Em dólares – A Prefeitura tem autorização e já encaminhado empréstimo de US$ 64 milhões, e valores corrigidos, para o Reviva Centro. A última promessa, já neste fim de ano, é de que o dinheiro seja liberado ainda no primeiro semestre de 2017.

Recurso negado – Se depender do juiz David de Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, o vereador Paulo Siufi (PMDB) terá de indenizar o município em R$ 1,09 milhão por receber por plantões que não fez, além de ficar inelegível. O vereador havia recorrido da sentença do magistrado em ação de improbidade administrativa, mas Gomes Filho manteve a decisão.

Mesmo jeito – Próximo do fim do prazo acordado pela própria Câmara Municipal de Campo Grande com o Ministério Público Estadual, o parlamento ainda não lançou licitação relacionada ao concurso público. Segundo o presidente, o vereador João Rocha (PSDB), ainda está em análise contratação de quem fará o plano de cargos e carreira da casa, o que é a fase anterior a contrato com empresa para fazer o concurso em si.

Até fevereiro – Segundo o acordo firmado, a Câmara tem até meados de fevereiro para lançar o edital. O prazo foi contado a partir do fim do período eleitoral, encerrado em outubro.

(com Leonardo Rocha, Elci Holsback e Mayara Bueno)

Comissão fala até em condução coercitiva de Joesley
Será que eles vem ? - A primeira reunião da CPI das irregularidades fiscais e tributárias de Mato Grosso do Sul foi marcada pela solicitacão de docum...
Clima esquenta entre vereadores
Sessão acalorada - Em contraste com a fria manhã de terça-feira na Capital, a sessão na Câmara dos Vereadores foi tumultuada, principalmente durante ...
No DF, Marquinhos tenta liberar recursos para projetos parados
Correndo atrás- Com viagem marcada para Brasília nesta terça-feira (20), o prefeito Marquinhos Trad (PSD) disse que vai pedir liberação de verbas e p...
MS volta ao foco e aguarda novidades dos irmãos Batistas
Holofotes - Mato Grosso do Sul voltou ao foco na mídia nacional neste fim de semana, em entrevista exclusiva do empresário Joesley Batista, dono do g...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions