A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


29/05/2017 06:00

Semana de dor de cabeça para procurador "exorcista"

Ângela Kempfer e Leonardo Rocha

No alvo - O procurador de Justiça, Sérgio Harfouche, começou a semana no alvo de entidades de Direitos Humanos e colegas juristas. Além de cartas de repúdio contra comportamento dele durante palestra em Dourados, a conduta dele pode ser alvo de investigação no CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e há articulações para que o mesmo ocorra no Conselho do MP.

Estado laico - Depois de quase exorcizar um estádio lotado durante palestra que deveria falar só de evasão escolar, opositores de Harfouche consideraram o episódio a gota d'água na forma como ele conduz as questões envolvendo a infância e a adolescência e cobram providências contra esses excessos.

Guia - Depois dos últimos episódios envolvendo a Polícia Federal, o ex-governador André Puccinelli anda meio parado nas redes sociais. Ultimamente, na página oficial dele, no Facebook, todas as postagens são sobre pontos turísticos do Estado.

Composição - Os deputados estaduais se reúnem nesta semana para indicar os nomes que irão compor a comissão especial, que vai investigar as denúncias da JBS. Os blocos do PSDB e PMDB irão indicar dois representantes cada, enquanto que a bancada do PT terá um representante, no caso, o escolhido foi o deputado Pedro Kemp (PT).

Sob risco - Além de Reinaldo Azambuja, outros 3 governadores já foram alvos de pedidos de impeachment por causa de acusações feitas nas delações premiadas dos donos e executivos do grupo. Os de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Ceará tiveram o impeachment pedido às Assembleias Legislativas.

Queda - Na terça-feira, pecuaristas se encontram com representantes do governo estadual para discutir alternativas depois da queda nos abates no Estado, também por conta da delação. A JBS criou um monopólio por aqui e garantia cerca de 80% dos abates em Mato Grosso do Sul.

De volta - As reuniões da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), a principal comissão do Legislativo, voltam ao horário normal na próxima terça-feira, a partir das 8h, antes da sessão ordinária. Na semana passada, em função da visita do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) à Assembleia, os trabalhos foram feitos no período da tarde. Alguns parlamentares ainda defendem que as reuniões sejam feitas em outros horários, com mais tempo para as discussões.

Há vagas - Depois de tanto tempo de espera, os aprovados no concurso da Assembleia Legislativa estão ansiosos para a homologação do concurso, previsto para próxima terça-feira, e também para primeira chamada dos aprovados, que segundo o presidente da Casa de Leis, será feita no mês de junho.

Tá quase - A expectativa é que pelo menos metade dos 40 aprovados seja chamada no mês que vem. A Assembleia divulgou na última sexta-feira (26), o resultado final do concurso, já considerando a avaliação sobre os recursos que foram apresentados. Ao todo, 18.040 pessoas se inscreveram no certame, para 21 cargos, com 80 vagas, que foram distribuídas em funções de nível médio e superior.

Sem jogo - Se já estava difícil para o esporte no interior do Brasil, em 2017 deve ficar pior. A Petrobras reduziu os patrocínios do programa de patrocínio esportivo. Serão R$ 10 milhões a menos.

Vinda de Temer a MS atraiu poucos políticos
Recepção solitária – Programada em meio ao clima de tensão política sem fim em Brasília, a agenda do presidente Michel Temer em Mato Grosso do Sul no...
Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions