A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Julho de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


11/01/2019 06:00

Veículos parados na Lama Asfáltica

Ângela Kempfer, Gabriel Neris e Humberto Marques

Fora da estrada – A defesa do empresário Antônio Celso Cortez, proprietário da PSG Informática e um dos alvos da operação Computadores de Lama, sexta fase da Lama Asfáltica, viu o Tribunal Regional Federal da 3ª Região lhe negar liminar para liberar a transferência e circulação de veículos ligados ao seu nome. A decisão partiu do desembargador federal Paulo Fontes.

“Preposto” – Fontes, em sua decisão, destacou que o bloqueio foi baseado em indícios de crimes como lavagem e ocultação de bens e valores. Ele lembra que Cortez seria “testa de ferro” de João Baird, alvo da Computadores de Lama que, apenas entre julho e setembro de 2017, teria enviado R$ 1,7 milhão ao exterior.

Ajuda - O Sete de Setembro, de Dourados, aderiu a "vakinha online" para arrecadar dinheiro. O clube disputará o Campeonato Estadual de futebol e tem objetivo de chegar aos R$ 100 mil. Até esta quinta-feira não houve nenhuma doação.

Neto de peixe - Felipe Barros, neto do poeta Manoel de Barros, agora tem canal no Youtube. Mas não há poesia assinada ou declamada por ele na internet. Fisioterapeuta e professor, ele grava vídeos falando sobre anatomia humana.

Visualizações - Por enquanto, o sucesso ainda não veio. Os três vídeos postados nesta semana tem, no máximo, 158 visualizações. Mas o material é fresquinho, saiu na quarta-feira e o canal entra na ativa com 222 inscritos.

Que fase - O ano deve ser difícil para o Shopping Bosque dos Ipês. Depois do anúncio de fechamento da Zara, a principal âncora do lugar, a próxima na berlinda é a Saraiva, outro diferencial que já anunciou fim de livrarias em todo o Brasil e por aqui anda com movimento bem fraco.

Posição de MS - A bancada de Mato Grosso do Sul na Câmara já começa a se posicionar sobre as novas medidas anunciadas pelo governo Bolsonaro. Um delas é a proposta com alteração da aposentadoria, que prevê um regime de capitalização.

Tempo de sobra - O deputado Fábio Trad já demonstrou ser favorável, desde que tenha validade apenas para quem ainda vai permanecer um tempo na ativa. “Vejo positivamente, desde que seja feita para os que ainda têm um tempo para se aposentar. Para os que estão em via de se aposentar, não.”

Fila de espera - Outra mudança é que o governo avalia encurtar o tempo de transição para adoção de uma nova idade mínima de aposentadoria. Se isso ocorrer, o tempo de espera pode subir em até cinco anos em relação à antiga proposta, apresentada pelo governo Michel Temer.

Marquinhos e o agradecimento aos vereadores
Gratidão - Durante a assinatura do Finisa II (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), o prefeito Marquinhos Trad (PSD) lembrou de todo o tra...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions