A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


31/03/2018 07:00

Vice só no meio do ano, insiste Puccinelli

Marta Ferreira

Calma – Interpelado por eleitores, durante evento público na quinta-feira, o ex-governador André Puccinelli (MDB), reafirmou ser candidato ao cargo novamente e pediu calma quando o assunto é a definição sobre o vice em sua chapa. “Vice só sei lá por junho”, declarou.

Em casa – Ex-governador de Campo Grande por duas vezes, Puccinelli foi na abertura do Festival do Peixe, que ocorre em um espaço inaugurado sob administração dele em Campo Grande, a Feira Central, ao lado do Complexo Ferrovário. À época, quem tem mais idade vai se lembrar que a mudança foi bastante polêmica e por isso mesmo é um dos marcos de suas gestões.

Festejado - A ida de Puccinelli à feira teve todo o tom de campanha, com presença no palco e foto com pessoas do público. O político também apareceu comendo sobá, prato típico do local, ao lado do deputado Paulo Siufi, colega de partido

Multidão – A Sexta-Santa, marcada por diversos eventos religiosos, foi dia de casa cheia na igreja Assembleia de Deus Missões, liderada em Campo Grande pelo pastor Antoninio Dionízio, pai do deputado federal Elizeu Dionizio, recém filiado ao PSDB. Pelo menos 4 mil pessoas estavam no templo, na avenida Afonso Pena.

Temática – A reunião dos fieis foi para a 27ª edição da Escola Bíblica, evento realizado todo ano, sempre com um lema específico. O de 2018 é o resgate de valores cristãos. Vários religiosos pregaram, além do pastor Dionízio. 

Convidado especial - Um dos que pregaram foi o pastor Benhour Lopes, que cruzou o mar para a vinda a Campo Grande. Lopes lidera uma comunidade religiosa no Canadá, na cidade de Toronto, onde vive com a família.

Balanço - O Batalhão de Choque, tropa da Polícia Militar considerada de elite em Campo Grande, está atuando fortemente no dia a dia, em ações que, geralmente, incluem a perseguição a bandidos. De janeiro até o dia 15 de março, fez 99 prisões, o equivalente a pelo menos uma por dia.

Apoio popular - Com a fama de "resolver", o Choque tem ganhado fãs eufóficos, principalmente entre os defensores do lema "tolerância zero". Na quinta-feira, policiais do grupo foram aplaudidos em uma ocorrência no final da avenida Lúdio Coelho, que teve dois jovens, suspeitos de crimes, mortos em meio a confronto. Eles tinham 18 e 15 anos.

Tarefa coletiva- Para não ficar para trás, todo mundo que participou da ocorrência fez questão de ser lembrado. Foram duas unidades da PM, o 1º Batalhão e o Choque, e também a Guarda Municipal, que disse ter dado apoio a ação. A participação nesse tipo de ocorrência pode garantir promoções dentro das forças de segurança.

Promessas – De cabelo diferente e tatuagem nova. É assim que o atacante veterano Rodrigo Gral vaidisputar a final do campeonato estadual, neste fim de semana. A tatoo, feita na semana passada, relembra os 21 anos de jejum do Operário em relação ao torneio. O cabelo, pintado de amarelo, lembra a crista de um galo.

 

Justiça autoriza envolvidas na Lama Asfáltica a votar
Urna – A Justiça Federal autorizou duas envolvidas na operação Lama Asfáltica, que estão cumprindo prisão domiciliar, a exercer o direito do voto no ...
Dagoberto mente, diz liderança do PDT
É fake – As última declarações do deputado federal e presidente do PDT em Mato Grosso do Sul, Dagoberto Nogueira, sobre os pedidos de expulsão do jui...
Depois das eleições, vem o "limpa pauta" na Assembleia
Só depois - O deputado estadual Cabo Almi (PT), reeleito para mais um mandato, admite que a normalidade das sessões da Assembleia só vai ser retomada...
Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions