A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 16 de Fevereiro de 2020


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


13/02/2020 06:00

Violência na Fronteira é tema de pós-graduação da UEMS

Fernanda Palheta e Leonardo Rocha
Local onde paraguaio foi morto em agosto do ano passado, em Pedro Juan Caballero (Foto: Léo Veras/Porã News)Local onde paraguaio foi morto em agosto do ano passado, em Pedro Juan Caballero (Foto: Léo Veras/Porã News)

Crime estudado - Tráfico, contrabando e execuções na fronteira agora são disciplina da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. A UEMS criou o curso de pós-graduação "lato sensu" em Segurança Pública e Fronteiras. A formação será no campus de Dourados.

Oriente - Campo Grande vai receber a 1ª Reunião de Embaixadores da ASEN (Associação das Nações do Sudeste Asiático). Um dos temas do encontro será Rota Bioceânica e possíveis impactos para a relação comercial com os asiáticos.

7 países - Devem participar representantes de Myanmar, Indonésia, Malásia, Filipinas, Tailândia, Singapura e Vietnã. O evento na próxima sexta-feira deve contar também com o governador Reinaldo Azambuja, o senador Nelsinho Trad, o ministro de carreira diplomática, João Carlos Parkinson, e o presidente da Fiems, Sérgio Longen.

Todos em treinamento – Os defensores públicos também vão passar por curso sobre “Pacote Anticrime: Alterações Legislativas”. A turma da defensoria foi convocada para a formação no dia 14 de fevereiro, com 10 horas de conversa.

Boletim - O diretor-presidente da Fundações de Turismo de Mato Grosso do Sul parece que fez a lição de casa. Enquanto servidores da pasta dele tiveram até 78,85 pontos na Avaliação de Desempenho Individual de 2019. Já ele, tirou “nota” 96,65.

Chucrute e salsichão - Equipe da Fundação vai para Berlim, na Alemanha, “vender” pacotes e roteiros personalizados em Mato Grosso do Sul. Entre 2 e 10 de março, os representantes do Estado vão defender o potencial turístico de Bonito, Serra da Bodoquena e Pantanal, regiões apresentadas como “referências em natureza e ecoturismo dentro do Brasil

Volta ao páreo - O deputado Eduardo Rocha (MDB) garante que a esposa dele, senadora Simone Tebet (MDB), vai disputar a presidência do Senado em 2021. "Ela vai buscar o apoio necessário para disputar o cargo, que ainda está em seus planos em Brasília", disse o parlamentar. Simone entrou na briga em 2019, mas abriu mão em favor do atual presidente, Davi Alcolumbre (DEM-AP), após queda de braço com Renan Calheiros (MDB-AL).

Excluído - Fora da CPI da Energia, o deputado Marçal Filho (PSDB) requisitou uma reunião da Frente Parlamentar que foi criada para acompanhar os preços cobrados no setor. "Queremos fazer uma avaliação dos últimos meses, até para dar uma explicação e resposta à sociedade", disse o tucano, que não foi indicado para fazer parte da comissão parlamentar.

Mês a mês - Durante audiência pública de prestação de contas da Prefeitura ontem, o titular da Sefin (Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças), Pedro Pedrossian Neto, lembrou que no começo não gostou nada da lei que instituiu a prestação de contas mensal da secretaria. Mas garante que agora é diferente.  "Hoje eu vejo como isso me ajuda. Criou um termômetro", explicou.

Cansado - Antes do fim da audiência, o secretário já marcou um reunião para próxima sexta-feira, quando vai discutir o repasse para entidades do FMIS (Fundo Municipal de Investimentos Sociais). É que na segunda (17), o titular da Sefin entra de férias, mas serão só 10 dias de folga

 

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions