A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Setembro de 2017

17/08/2017 06:15

Sem perder elegância, hall de entrada recebe visitantes com mensagem bíblica

Arquiteto fala sobre como inserir elementos religiosos sem tirar a essência de cada ambiente

Eduardo Fregatto
A placa com a mensagem bíblica, inserida de maneira orgânica, sem apagar o revestimento por trás da parede do hall. (Foto: Fellipe Lima)A placa com a mensagem bíblica, inserida de maneira orgânica, sem apagar o revestimento por trás da parede do hall. (Foto: Fellipe Lima)

"Porque agora escolhi e santifiquei esta casa, para que o meu nome esteja nela perpetuamente; e nela estarão fixos os meus olhos e o meu coração todos os dias", diz a placa de vidro logo no hall de entrada do apartamento. A frase bíblica (II Crônicas 7:16) é uma das primeiras visões de quem entra no ambiente.

Foi um pedido da família atendida pelo arquiteto Erique Moreira. Ele relata que mesclar elementos religiosos na decoração ainda é uma prática encarada com resistência no meio profissional, mas o importante é manter a essência do cliente sem perder a elegância do espaço. "A casa é para o cliente morar. Você tem que saber traduzir a essência dele e respeitar muito", avalia.

Um dos revestimentos do hall, em detalhe. (Foto: Fellipe Lima)Um dos revestimentos do hall, em detalhe. (Foto: Fellipe Lima)

Para manter toda a imponência e luxo do hall de entrada, Erique inseriu a mensagem bíblica numa peça de vidro, para que o fundo da parade não ficasse escondido. "Colocamos a mensagem com letra caixa em acrílico branco, com uma moldura branca na mesma cor do acabamento em laca. A cliente queria que ficasse orgânico. O importante foi ter a mensagem de uma maneira leve e sem que a textura do hall se perdesse", destaca.

O hall de entrada é o cartão de visita de qualquer casa ou apartamento. Para Erique, é neste espaço que a pessoa pode ousar, para criar um impacto inicial. "É o local em que as pessoas criam expectativa".

O rodapé do hall da cobertura foi feito com 40 centímetros de altura. "Há um dizer que, quanto maior o rodapé, mais poder tem o dono da casa. No hall, então, vale tudo. Claro que de maneira equilibrada".

Nesse projeto em específico, a ideia foi criar um local aconchegante mas, ao mesmo tempo, imponente, por ser numa cobertura. "Os clientes pediram pra eu usar elementos naturais mas de maneira delicada". Erique utilizou aço corten de um lado e, do outro, pedras naturais, como a pedra mica. Além de espelho bronze bisotado mosaico na lateral e mais espelhos no teto.

"A última coisa foi a técnica cênica, com bastante iluminação", resume. O arquiteto diz que o custo de um hall de entrada como esse fica em torno de R$ 15 mil. "A cliente conseguiu colocar a essência dela, com o lado religioso, e eu trabalhei a questão dos elementos naturais e modernos, equilibrando o moderno com rústico", finaliza Erique.

Curta o Lado B no Facebook.

Um dos lados do hall, com o revestimento de pedras naturais. (Foto: Fellipe Lima)Um dos lados do hall, com o revestimento de pedras naturais. (Foto: Fellipe Lima)
O outro lado do hall, com o espelho bonze. (Foto: Fellipe Lima)O outro lado do hall, com o espelho bonze. (Foto: Fellipe Lima)



imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.