ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 19º

Artes

Atrás de sonho, “molecada” monta estúdio de rap que vale conhecer

Fox Records foi um estúdio colocado de pé durante a pandemia por sete jovens que estão correndo atrás de um sonho: viver de rap

Por Lucas Mamédio | 12/08/2020 08:05
Integrates da Fox Records em frente ao estúdio (Foto: Marcos Maluf)
Integrates da Fox Records em frente ao estúdio (Foto: Marcos Maluf)

É numa casa simples de uma rua calma, no bairro Coronel Antonino, que um sonho começa a se realizar. Com média de idade de 18 a 21 anos, sete jovens são os pilares do mais novo estúdio de rap em Campo Grande, o Fox Records.

Concebido em 2017 mais no plano das ideias do que na prática, o Fox Records toma forma com um espaço físico dentro da casa de dois dos integrantes: Rafael Henrique, conhecido como Step e Hebert Sartori. Agora, o grupo de artistas que colocou o estúdio de pé, luta para, aos poucos, moldá-lo às exigências de um padrão profissionalizado.

Step cantando e João Pedro captando o áudio (Foto: Marcos Maluf)
Step cantando e João Pedro captando o áudio (Foto: Marcos Maluf)

A “crew” dos caras é grande.  Na manhã que estivemos no estúdio, estavam presentes, além dos donos da casa já citados, Davidson, Rafael, João Pedro, Thiago e Bruno Santos. João Pedro é o produtor, Hebert, um dos moradores da casa que abriga o estúdio, é desenhista, os outros são todos MC’s.

Pra quem ainda não se situou, o nome “Fox” é uma referência ao cigarro Fox, tido como um dos mais baratos do rolê, e que salva a molecada quando a grana está curta.

MC Branco, um dos criadores do nome Fox Record, em 2017 (Foto: Marcos Maluf)
MC Branco, um dos criadores do nome Fox Record, em 2017 (Foto: Marcos Maluf)

Além do estúdio, que pode servir para produção de outros artistas, o grupo forma o Malocas Bruxo MC’s, que já se apresentam há algum tempo em Campo Grande.

Step e Herbert se mudaram pra casa há cerca de quatro meses, bem no começo da pandemia. “Hebert já morava sozinho, eu também tinha vontade de morar sozinho, então achamos essa casa aqui, que já alugamos com a intenção de ser estúdio”, diz Step.

O grupo reservou um cômodo da casa para ser o estúdio de gravação. O espaço consiste em dois computadores; um que serve para captar a gravação e outro para mixar. Tem também um microfone e uma caixa de som.

Heberto fazendo seus desenhos na casa onde fica o estúdio (Foto: Marcos Maluf)
Heberto fazendo seus desenhos na casa onde fica o estúdio (Foto: Marcos Maluf)

Aos poucos o grupo coloca caixas de ovos nas paredes para fazer o isolamento acústico, o que dá um trabalhão. “Vamos no mercado, vemos se tem caixa vazia, devagar vamos colando na parede. Porque do jeito que está, fica muito complicado na pós produção pra tirar os ruídos”, explica João Pedro.

Além do estúdio em si, a casa ainda serve de espaço para criação dos desenhos de Hebert. Estudante de letras, o jovem é quem tem criado as artes do grupo.

“Aqui virou um espaço de criação mesmo. Temos livros, desenhos, músicas. Gostamos muito de ler, porque o que as pessoas não sabem é que a leitura ajuda muito na construção do rap, da métrica, enriquece o vocabulário”.

Entrada da casa onde fica o estúdio Fox Records (Foto: Marcos Maluf)
Entrada da casa onde fica o estúdio Fox Records (Foto: Marcos Maluf)

Existe realmente um senso de união no grupo. A grana é curta, todos tiveram que ajudar de alguma forma. “Rap é união, é compromisso. Nós pegamos um pouco do auxílio que cada um pra usar no que precisava aqui, o computador do João, os movéis de um, de outro, e tudo isso desaguou nesse estúdio”, explica Step.

O clipe do último single, “Amanhã Acordo Cedo”,  foi lançado antes da criação da Fox Records pela produtora Locked Inc, produzido por Renan Toniazzo e Lucas Baldan. Confira:

E quem quiser entrar em contato com o grupo, basta ligar no (67) 99133-5332.

Veja mais fotos na galeria abaixo:

Confira a Galeria de Imagens: