A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Setembro de 2019

26/03/2018 08:07

Campo Grande na Tela começa com exibições gratuitas em escolas e universidades

Intenção do evento é fomentar o cinema feito aqui, permitindo que jovens e crianças tenham acesso ao que é feito em MS

Thaís Pimenta
Imagem do filme A Outra Margem, que será exibido no Campo Grande na Tela.(Foto: Divulgação)Imagem do filme "A Outra Margem", que será exibido no Campo Grande na Tela.(Foto: Divulgação)

Campo Grande tem produções regionais, que falam de comportamentos e cultura sul-mato-grossense. Mas grande parte delas não chega à população. Para tirar esses trabalhos do escuro, apresentando especialmente para crianças e jovens, começa hoje (26) o projeto Campo Grande na Tela, com exibições em escolas da rede municipal de ensino das sete regiões da Capital e em três universidades.

Ao todo, o circuito reúne 20 curtas produzidos aqui, escolhidos a partir da curadoria da fotógrafa e videomaker Elis Regina Nogueira. São cinco programas diferentes, de acordo com o público de cada instituição de ensino.

Importantes diretores sul-mato-grossenses como Joel Pizzini, com seu documentário "Glauces", Cândido Alberto da Fonseca com o "Conceição dos Bugres", Essi Rafael com "Ela Veio me Ver", Nathália Tereza com "A Outra Margem", Fábio Flecha com "Enterro", Roberto Leite com "Cortes",  compõem a programação com filmes que revelam percepções, sentimentos, personagens e cenários da Cidade Morena.

A primeira escola a receber o projeto é a Escola Municipal Arlindo Lima, localizada no Centro, hoje e amanhã, pela manhã e tarde, respectivamente. Nos dias 10 e 11 de abril é a vez da Escola Municipal Hércules Maymone, que fica no Nova lima, na região Segredo. Por lá a exibição é aberta ao público.

“Nos últimos anos o trabalho da produtora responsável, a Marruá, se aproximou do cinema e da prática audiovisual. De projetos que desenvolvemos surgiram vários curtas. Percebemos que havia um acervo deles bastante relevantes e reveladores sobre a cidade em que moramos. Diante desse repertório pensamos ser importante transmitir esse conhecimento às novas gerações, produzindo mostras para exibição nas escolas e guias pedagógicos para apoiar os educadores realizando debates”, explica Belchior Cabral, coordenador do projeto.

Ao levar a mostra para cada escola, integrantes do projeto também vão expõem um guia pedagógico explicando como funciona o projeto. No guia ainda há sugestões de temas e exercícios sobre o conteúdo gerado a partir deste contato com o cinema, que podem ser aproveitados em sala de aula nas disciplinas de História, Literatura, Português, Geografia e Artes. Neste sentido o projeto atende o cumprimento da Lei que determina a exibição de filmes nacionais nas escolas de educação básica.

Ainda participam do Campo Grande na Tela as Escolas Municipais: Professor NagibRaslan, que fica no Jardim Petrópolis, na região Imbirussú; Consuleza Margarida MaksoudTrad, no bairro Estrela Dalva, na região Prosa; Professor Múcio Teixeira Júnior, na Vila Carlota, que fica na região Bandeira; Irene Szukala, localizada no Jardim das Hortências, na região Anhanduizinho; Dr. Tertuliano Meirelles, no bairro Caiçara, na região Lagoa; além do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul), da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Após cada sessão será promovido um debate com diretores, atores, produtores e jornalistas, entre outros profissionais. Para conferir a programação completa acesse o link.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.