A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Maio de 2019

11/05/2019 08:16

Concurso que elege melhor drag queen de MS terá Ikaro Kadoshi como jurado

Danielle Valentim
Ikaro Kadoshi performa como drag há mais de 15 anos pelos palcos do Brasil e do mundo.(Foto: Fernando Cysneiros)Ikaro Kadoshi performa como drag há mais de 15 anos pelos palcos do Brasil e do mundo.(Foto: Fernando Cysneiros)

No próximo sábado (11), o Marco (Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso do Sul) abre as portas para o 7ª Dragstar, o concurso que elege a melhor drag queen de Mato Grosso do Sul. Neste ano, 14 competidoras brigam pelo pódio e na mesa de jurados Ikaro Kadoshi, drag que performa há mais de 15 anos pelos palcos do Brasil e do mundo, ajuda na escolha.

Os três primeiros lugares serão premiados, com troféus, dinheiro e maquiagens. “O primeiro lugar recebe R$300, uma peruca de cabelo humano avaliada em R$ 1,9 mil, um kit de maquiagem, um voucher de salão de beleza e uma make com Antônio Campagna, que também é um dos jurados. O segundo e terceiro lugares levam troféus, kits de maquiagem e R$ 200 e R$ 100, respectivamente”, explica o organizador Frank Rossatte.

Drag queen Vencedora em 2018. (Foto: Divulgação)Drag queen Vencedora em 2018. (Foto: Divulgação)

O júri técnico formado por dez pessoas avaliará os quesitos dublagem, produção, maquiagem e expressão corporal e performance. Os três primeiros itens com premiações específicas. Eles irão proferir seu voto final ao microfone, tendo o público presente direito a 1 voto, por meio de aplausos.

“As três finalistas serão escolhidas com a soma das notas dos 10 jurados e ao fim farão uma performance juntas. O publico também participa nessa fase e ajuda na votação. Caso dê empate entre as candidatas, os jurados proferem votos ao microfone para desempatar”, disse.

O repertório para apresentação final é surpresa. Participam candidatas de Campo Grande, Anastácio e Corumbá e evento começa às 20h. “O objetivo é levar cultura LGBT para todos os estados e para conhecimento de todos os públicos e de uma forma que todos possam assistir, por exemplo, com o evento no Museu”, frisa Frank.

A direção do evento é de Frank Rossatte. O Marco fica na Rua Antônio Maria Coelho, 6000, Carandá Bosque, Campo Grande - MS. A entrada custará R$ 10 e será limitada ao número de lugares no Anfiteatro do Museu.

Os shows performáticos terão no mínimo três e no máximo cinco minutos. Não poderão ser usados animais, água ou fogo. Poderão participar, drag queens, drag kings, transformistas, andrógenos, travestis e transgêneros.

A apresentação é individual. Às 19h todas as candidatas deverão estar presentes no evento sob risco de perder pontos a cada 5 minutos de atraso.

Curta o Lado B, no Facebook e Instagram.

Edição 2018. (Foto: Divulgação)Edição 2018. (Foto: Divulgação)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.