A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Junho de 2017

23/11/2014 18:40

De capas e guarda-chuvas, campo-grandenses prestigiam o último MS Canta Brasil

Eduardo Penedo e Paula Maciulevicius
Amigas prestigiam show mesmo embaixo de garoa na Capital. (Foto: Alcides Neto)Amigas prestigiam show mesmo embaixo de garoa na Capital. (Foto: Alcides Neto)

De capas, lonas e guarda-chuvas, os campo-grandenses estão prestigiando o último MS Canta Brasil que começou às 17h45, com o som do blues man Zé Pretim. Depois, é a vez de um paulista com pezinho em Mato Grosso do Sul, do filho de Tetê Espíndola, Dany Black subir ao palco.O DJ sul-mato-grossense Renato Tulux vai tocar nos intervalos. A cantora Gaby Amarantos será a quarta atração do dia e a banda Ira! fecha a edição histórica do evento.

São esperadas 50 mil pessoas na despedida do MS Canta Brasil neste domingo, que terá seis horas de duração.

Com uma garoa fina e temperatura de 25°C, muitos campo-grandenses estão fazendo cair por terra à máxima que “campo-grandense não sai quando chove”. Esse é o caso do casal de namorados Vinicius Ávila, 21 anos, e Jéssica Moreira, 23 anos, que chegaram para assistir o show, às 16 horas, como estava garoando eles compraram capas de chuva no Parque das Nações pelo valor de R$ 5 reais. “Mesmo com garoa o show rola”, brinca os estudantes.

Já a psicóloga paulistana erradicada há dois anos em Campo Grande, Lidia Becovacz, 38 anos, que junto com a amiga a professora Isabel Siqueira, 41 anos, estavam embaixo de uma lona para se proteger da garoa. A psicóloga explicou que percebe que os campo-grandenses não saem muito quando chove, mas ela afirmou que isso não a atrapalha. “Estava um calorzão. Não tem problema que choveu não. O problema e se tivesse frio, mas está tudo bem.”, explica.




imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.