ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, TERÇA  19    CAMPO GRANDE 25º

Artes

Em cima de chalana, live de Luan mostra exuberância do Pantanal

Cantor se apresentou no meio do Rio Paraguai em cima de uma chalana e chamou atenção para situação do Pantanal

Por Lucas Mamédio | 22/11/2020 17:45
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Live de Luan Santana no Pantanal, no meio do Rio Paraguai na região da Serra do Amolar exaltou a exuberância do local e também serviu para chamar atenção sobre a situação do Pantanal nos últimos meses.

O projeto nomeado como “O Pantanal Chama” foi uma parceria entre o cantor e o canal National Geographic tem a intenão de ajudar entidades que cuidam do Pantanal, como SOS Pantanal e Instituto Homem Pantaneiro. “Sou de Campo Grande e tenho esse paraíso como o quintal da minha casa”.

O cantor começou cantando a música “Um Grito Entre as Cinzas”, lançada há poucos dias e que também está sendo usada para arrecadar fundos para as mesmas instituições. “O Pantanal passa por um momento muito complicado, mas estamos aqui para conscientizar  todo mundo”.

Luan no local da live antes del ser realizada (Foto: Will Aleixo)
Luan no local da live antes del ser realizada (Foto: Will Aleixo)
Luan já pronto para a live (Foto: Thallita Oshitro)
Luan já pronto para a live (Foto: Thallita Oshitro)

O live contou com uma estrutura especial feita toda dentro de uma chalana que percorreu 12 horas até chegar ao ponto onde foi realizada.  O cantor fez questão de ir pessoalmente no último dia 11 até Corumbá, onde viu de perto a vegetação que os incêndios já consumiram e a tragédia na fauna.

“Fiquei tão impactado em me deparar com aquele paraíso assim, todo cinza, como uma cena de filme de guerra. A minha visita foi para descobrir essas respostas. E lutar para que muitos possam me ajudar”, disse na ocasião.

Angelo Rabelo na chalana durante a live (Foto: Arquivo Pessoal)
Angelo Rabelo na chalana durante a live (Foto: Arquivo Pessoal)

O coronel Ângelo Rabelo, presidente do Instituto Homem Pantaneiro acompanhou a live de dentro da chalana. Ele ressaltou a importância de um artista da dimensão de Luan ter esse tipo de iniciativa.

“Uma importante atitude de uma figura referência da cultura no país, estender sua não ara chamar atenção do país para nosso bioma. Após um avassalador fogo, esperamos encontrar forças para ajudar a restaurar este paraíso, orgulho de todos nós”, disse ele.

Luan pediu várias vezes ajuda. “Quando estou no Pantanal, sinto a natureza viva, o ar é diferente, purifica, transforma, renova, não existe sensação melhor do que desfrutar de tamanho presente de Deus pra nós... Precisamos mudar essa realidade e salvar nossa floresta."

Para doar: (www.sospantanal.org.br).

Para adquirir produtos com estampas do Pantanal e criados pelo artista: (www.luansantanashop.com.br)

Para participar do leilão com figurino do cantor: (www.satoleiloes.com.br/leilao/index/leilao_id/5246/lote/38938)

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário