ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, DOMINGO  21    CAMPO GRANDE 23º

Artes

Filme com expedições, natureza e história de ribeirinhos é lançado hoje

Por Thailla Torres | 16/02/2024 07:42
Este trabalho realizado por Cid Nogueira, Silas Ismael e Ariel Albrecht narra a importância do Rio Coxim como uma via crucial de acesso ao oeste brasileiro durante as Bandeiras e Monções Paulista
Este trabalho realizado por Cid Nogueira, Silas Ismael e Ariel Albrecht narra a importância do Rio Coxim como uma via crucial de acesso ao oeste brasileiro durante as Bandeiras e Monções Paulista

O Museu da Imagem e do Som (MIS)será o palco para a estreia do filme "Rotas Monçoeiras: A História de um Rio e seu Povo", produzido pela ZoomMira Filmes e Van Life Studio, com entrada franca, às 19 horas

As Rotas Monçoeiras representam uma série de expedições cruciais realizadas nos séculos XVIII e XIX, ligando São Paulo a Mato Grosso. Essas jornadas, originadas das Bandeiras Paulistas e impulsionadas pela descoberta de ouro em Cuiabá, foram um dos mais significativos movimentos migratórios em direção ao oeste durante o período colonial brasileiro, navegando pelos rios do interior do país.

O filme busca não apenas narrar, mas também imergir o espectador nas sensações e experiências das comunidades ribeirinhas, artistas locais e pescadores que habitam as margens do Rio-Cênico Rotas Monçoeiras, uma unidade de conservação que abrange uma grande extensão do rio Coxim e seu entorno. Esta área preserva uma riqueza única de paisagens, patrimônios ambientais, históricos e culturais.

Com uma abordagem narrativa reflexiva e instrutiva, o documentário incorpora recursos técnicos avançados, como som e imagem em alta definição, incluindo imagens aéreas e o uso de inteligência artificial.

O Rio-Cênico Rotas Monçoeiras é amplamente reconhecido como um modelo de conservação da natureza, guardando tesouros culturais, históricos, arqueológicos e ambientais de valor inestimável, não apenas para o Brasil, mas também para o mundo.

Este trabalho realizado por Cid Nogueira, Silas Ismael e Ariel Albrecht narra a importância do Rio Coxim como uma via crucial de acesso ao oeste brasileiro durante as Bandeiras e Monções Paulistas, desde seu registro inicial na história até os dias atuais, destacando a existência da APA – Área de Proteção Ambiental Rio-cênico Rotas Monçoeiras. Com cerca de 300 anos de história, o filme oferece uma visão imparcial e propositiva sobre a evolução socioambiental desta região, através de uma gama de especialistas no assunto, conferindo ao rio um estatuto tanto de objeto de estudo ambiental quanto de patrimônio cultural sul-mato-grossense.

O Museu da Imagem e do Som de MS fica na  Av. Fernando Corrêa da Costa, 559, 3º andar.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias