ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 21º

Artes

Nova música da Misbehaviour conta história de vocalista vítima de abuso

Música fala sobre o abuso infantil sofrido por Gilson Buzzio, vocalista da banda de heavy metal Misbehaviour

Por Paula Maciulevicius Brasil | 15/08/2020 08:38
Banda Misbehaviour em show no Blues Bar, muito antes da pandemia.
Banda Misbehaviour em show no Blues Bar, muito antes da pandemia.

Foram cinco episódios, o último deles, Gilson conseguiu evitar. O abuso infantil que o vocalista da banda Misbehaviour relata ter sofrido começou aos 3 e seguiu até os 7 anos. Hoje, décadas depois, a história serve de inspiração para falar sobre o tema em forma de música.

Lançado na semana passada nas plataformas digitais (ouça aqui), "Will kill my monster?" reúne parte do que Gilson Buzzio sofreu e histórias que ele ouviu e pesquisou. "A ideia de falar sobre abuso existe há quatro anos, mas ficou engavetada. Eu sabia que não podia só jogar ela no mundo e não falar sobre. Seria deixar muito em aberto e até respingar na minha família", conta o músico.

Gilson foi acolhido, teve apoio da família que o levou para tratamento psicológico, no entanto, as marcas ele carrega até hoje. "Isso é tudo muito sorrateiro. Você nunca sabe onde os monstros estão escondidos, como a gente fala na música, e não quero que nenhuma criança passe por isso. Eu tive apoio, mas que não tem, pira, porque isso mexe com você, você perde a sua inocência e começa a lutar com os monstros, os conflitos, muito cedo", conta.

A música foi escrita em parceria com a poetisa Michele Valverde, também de Dourados, cidade onde a banda nasceu.

A carreira de Gilson na música começou muito cedo, ainda nos tempos de colégio, no início dos anos 90, quando ele se tornou DJ nos intervalos das aulas. "Depois que aconteceu isso, tive hiperatividade, sofri muito bullying, e aí veio a música. Quando eu vi aquilo, me apaixonei e comecei a fazer, as pessoas gostaram", recorda.

Em 1991, com o lançamento do "The Black Album", do Metallica, o público que Gilson conquistou como DJ passou a pedir as músicas do CD. "Eu lembro que odiava o Metallica, na época tinha MTV e só passava Metallica, e as pessoas começaram a pedir, aí tive que ouvir e ao prestar atenção, fui vendo que tinham coisas bem legais", lembra.

Foi daí que Gilson passou a curtir não só a banda, como o estilo e resolveu que também iria cantar. Foram pelo menos duas bandas, até ele aprender também a tocar guitarra e montar a Misbehaviour, em 1997, uma das precursoras no heavy metal no Estado.

O lyric vídeo de "Will kill my monster?" você confere abaixo: Siga a banda pelas redes sociais, Facebook e Instagram.