ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 33º

Comportamento

Assim como os pais, casal escolhe dizer “sim” na mesma data

Pais de Raphael e Fabiane se casaram na mesma data, só que em anos diferentes e casal dá continuidade

Por Bárbara Cavalcanti | 01/08/2021 07:17
Os três casais da família deram o "sim" na mesma data, só que em anos diferentes. (Foto: Lilian Barros)
Os três casais da família deram o "sim" na mesma data, só que em anos diferentes. (Foto: Lilian Barros)

A data 14 de julho tem um significado especial na família de Fabiane da Costa Oliveira Sandoval, de 28 anos e de Raphael de Souza Sandoval, de 33 anos. Essa data foi o dia em que os dois deram o “sim” na igreja e firmaram seu casamento.

Mas também foi a data de casamento dos pais de Fabiane, Luzia Aparecida da Costa de Oliveira e José Francisco de Oliveira Filho, de 60 e 67 anos. E ainda por cima também no dia 14 de julho, foi a data de casamento dos pais de Raphael, Ana Maria de Souza Sandoval, de 63 anos e Mario Sandoval, de 66 anos.

Os pais da noiva se casaram em Castilho, São Paulo em 1979 e os do noivo em 1984, em Ladário no dia 14 de julho. A coincidência levou Fabiane e Raphael então a escolher a mesma data e assim trazer mais uma festividade de casamento para o dia 14 de julho para a família.

A vontade de casar dos dois já vinha desde alguns anos atrás. O matrimônio quase aconteceu em 2019, mas como ainda faltavam alguns detalhes, preferiram adiar.

Os noivos no dia do casamento na igreja. (Foto: Lilian Barros)
Os noivos no dia do casamento na igreja. (Foto: Lilian Barros)

“Conversando com os nossos pais, sobre esta nossa meta, descobrimos que eles casaram no mesmo dia, só que em anos diferentes. Isso só reforçou nossa vontade de casar. Depois, em uma viagem que fizemos para comemorar o aniversário da nossa filha em fevereiro, decidimos então de vez que seria no dia 14 de julho, assim como nossos pais”, explicou Fabiane.

Ainda conforme os noivos, eles acreditam que a coincidência foi divina. “Descobrimos assim, aleatoriamente, nessas conversas em família, contanto histórias do passado. Eu e Rapha decidimos juntos, aproveitar esta data linda, para dar sequência a história das nossas famílias”, acrescentou.

Com a data definida, começaram os preparativos. “Com o profissionalismo pontual do nosso amigo querido, o cerimonialista José Claudemir, que nos deu um suporte fantástico e indicou prestadores de serviços que tinham o nosso perfil, tudo foi muito bem planejado, mesmo com o pouco tempo e conduzido como queríamos”, reforçou.

Com o apoio dos pais, dos cunhados, irmãos e madrinhas, a cerimônia por fim aconteceu, obviamente, no dia 14 de julho desse ano, na Paróquia São Francisco de Assis. Devido à pandemia, estavam presentes apenas poucos convidados em uma cerimônia intimista.

Toda família reunida na igreja durante a cerimônia. (Foto: Lilian Barros)
Toda família reunida na igreja durante a cerimônia. (Foto: Lilian Barros)

Mas a data especial ainda contou com mais um detalhe que vai ficar marcado na história da família: uma caminhonete antiga da família de Raphael que ficava em Ladário. O noivo é apaixonado por carros, ainda mais os antigos, e divide a paixão com o pai. Quando a sugestão surgiu de utilizar o carro na cerimônia, Raphael nem pensou duas vezes.

Assim, começou a reforma da caminhonete. "Conseguimos graças à ajuda do meu amigo de infância de Raphael, o mecânico “Piu”, do Box 1 Centro Automotivo, que deixou a caminhonete quase novinha e pronta para uso, além também dos meus pais",  reforça.

Caminhonete antiga veio de Ladário para fazer parte da cerimônia. (Foto: Lilian Barros)
Caminhonete antiga veio de Ladário para fazer parte da cerimônia. (Foto: Lilian Barros)

Na cerimônia, além de aparecer nas fotos, a caminhonete também serviu para dar uma volta com todo mundo na garupa pela cidade.

“Por ser um carro bem antigo, a parte mecânica sempre apresentava novos problemas, o que impossibilitava o traslado para Campo Grande. Mas então liguei pros meus pais que também sempre tiveram o sonho de ver a caminhonete reformada, demos um jeito para que a caminhonete estivesse aqui para o casamento”, detalhou.

No final, família se divertiu em passeio pela cidade. (Foto: Arquivo Pessoal)
No final, família se divertiu em passeio pela cidade. (Foto: Arquivo Pessoal)

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário