ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  30    CAMPO GRANDE 34º

Comportamento

Conhecida de Roberto Carlos pelo nome, Antônia viu o Rei 22 vezes

Que fã faz de tudo pelo ídolo ninguém duvida, mas Antônia viajou 22 vezes durante 2 anos só para assistir shows de Roberto Carlos

Por Thailla Torres | 08/10/2020 06:57
Confira a Galeria de Imagens:
Antonia conheceu Roberto Carlos 22 vezes. (Foto Arquivo Pessoal)
Antonia conheceu Roberto Carlos 22 vezes. (Foto Arquivo Pessoal)

Natural de Campo Grande, Antônia Ribeiro, 35 anos, não tem limites quando assunto é Roberto Carlos. Acredite, ela já investiu para assistir a 22 shows do Rei e teve a chance de entrar no camarim outras seis vezes. A chance que todo fã deseja ocorreu várias vezes porque ela diz que o cantor até a conhece pelo nome.

“Ele sabe quem são as fãs incondicionais e quem o acompanha por todos os locais do país, por isso, no show, ele fala nosso nome para entrar no camarim. Logo na segunda vez que eu pedi para tirar uma foto com ele, ele já me chamou de Antônia”, conta.

Em seu espaço de estética, ela guarda todas as fotos com o cantor. 
Em seu espaço de estética, ela guarda todas as fotos com o cantor.

A paixão começou na infância, lembra a esteticista que mantém fotos e decorações de Roberto Carlos em seu espaço de atendimento no bairro Santa Fé. “Me apaixonei pela música e a voz de Roberto Carlos quando ainda era criança vendo meu avô escutar. Depois disso nunca mais parei de ouvir.”

Antônia se considera uma mulher apaixonada, romântica, encantada pela vida e, por isso, as musicas de Roberto fazem tanto sentido em sua vida.

A paixão de fã fez ela bater o pé e decidir que não viveria mais sem conhecer o cantor. “Foi em 2015, quando ele veio a Campo Grande, que eu decidi que estava na hora de ir no show. Antes eu não tinha condições”.

Mas ao contrario de fãs que se contentam com uma única apresentação do ídolo, Antônia não sossegou. Passou a perseguir Roberto Carlos pelo Brasil em cada apresentação. “Onde eu via que tinha show eu comprava ingresso”.

E nunca houve perrengue que a fizesse desistir. “Já enfrentei muitas horas de ônibus, cansaço, fome, mas nunca desisti. Cada apresentação era um sonho”.

Ela diz que músico já a conhece pelo nome. 
Ela diz que músico já a conhece pelo nome.

O ritmo intenso de shows durou dois anos. Depois de casada, ela também foi a shows de Roberto, mas num ritmo mais tranquilo e com a parceria do marido que também admira as músicas do cantor. “O último show que estive foi em um cruzeiro, eu e meu marido, um parceiro que me deu todo apoio e fez questão de realizar mais um sonho meu. Sou muito grata.”

Das seis vezes que esteve no camarim Antônia tirou fotos e guarda até hoje cada uma das rosas que ganhou de Roberto. “São lembranças de um sonho realizado”.

Ela também diz que precisou aprender a não ligar para o que os outros falavam. “Muita gente já me chamou de louca. Chegou um ponto que eu nem contava mais que ia para o show do Roberto Carlo. Simplesmente ficava quieta, pegava minha mochila no fim de semana e ia”.

Para ela não há dinheiro ou tempo mal investido nessa história. “Foi o maior sonho da minha vida até hoje realizado, se eu tivesse que gastar o dobro ou triplo eu gastaria cada real. Para realizar um sonho não tem valor e nem preço que impeça”.

Confira mais fotos na galeria abaixo.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias