ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SÁBADO  06    CAMPO GRANDE 21º

Comportamento

Efeito quarentena faz Wilson reviver aniversário dos filhos após 25 anos

No home office, ele passou a organizar a casa e encontrou fitas VHS dos anos 90, onde gravou os momentos importantes da família

Por Alana Portela | 22/05/2020 06:49
Wilson Bento revendo as imagens que gravou há 25 anos. (Foto: Arquivo pessoal)
Wilson Bento revendo as imagens que gravou há 25 anos. (Foto: Arquivo pessoal)

Após 25 anos, Wilson Bento revive as festas de aniversário dos filhos Leonardo e Stefano, realizadas durante os anos 90. Ele é empresário e relata que estava organizando a casa onde mora em Campo Grande, quando encontrou 25 fitas VHS que carregam a memória da família.  “É o efeito quarentena”, afirma.

Aos 59 anos, ele está trabalhando em home office e relata que há tempos queria passar os registros das fitas VHS para um arquivo digital, no entanto, nunca conseguia. Agora, isolado em casa, Wilson achou a coleção pessoal.

As imagens foram estavam guardadas em várias fitas VSH. (Foto: Arquivo pessoal)
As imagens foram estavam guardadas em várias fitas VSH. (Foto: Arquivo pessoal)

“Estava dentro de uma caixa junto com álbum de fotos antigas, num armário. Há muito tempo já tinha pensando em converter para digital, mas fui deixando porque é demorado, trabalhoso. Leva pelo menos umas duas horas cada fita. Daí, fiz uma pesquisa na internet e encontrei uma pessoa que converte aqui”.

Wilson entrou em contato com Juliano Almeida, que trabalha com as conversões de arquivos e contratou seus serviços. Levou as fitas até o profissional e pediu para salvar tudo num HD externo. “Ele me explicou como funciona, perguntou se queria arquivo digital ou DVD. Preferi no HD e deu uns 40 gigas”.

A coleção conta com imagens valorosas da família de Wilson, os momentos de alegria, brincadeiras de criança e aqueles sorrisos genuínos que a gente nunca esquece. As festas de Natal, abraços, conversas estão eternizados para que todos sintam a emoção de voltar no tempo.

 “Filmei meus dois filhos quando tinham seus 3, 4 anos. Meu filho mais velho é de 1988 e o outro é de 1991, foram cerca de oito anos de gravação. Depois parei porque a filmadora era grande e dava muito trabalho”, lembra o pai.

Em seguida, as fotos começaram a aparecer com mais frequência. “Além disso, também vieram as máquinas digitais, em seguida os celulares e as coisas mais antigas foi perdendo o sentido”.

Imagem gravada durante uma festa de Natal, com uma pessoa da família de Papai Noel. (Foto: Arquivo pessoal)
Imagem gravada durante uma festa de Natal, com uma pessoa da família de Papai Noel. (Foto: Arquivo pessoal)

Os anos passaram, mas Wilson fez questão de guardar todas as fitas. “É a história da nossa família, do crescimento dos meninos”, diz. Ele já recebeu o HD com os arquivos e comenta que deu para assistir algumas festas. “Revi um pouco. É uma nostalgia grande, mesma coisa que pegar um álbum antigo e ficar olhando”.

A melhor parte é que, através as imagens em movimentos, Wilson consegue voltar ao passado e reviver tudo como se tivesse acontecido ontem. “O vídeo é mais natural. As pessoas falam e além de relembrar, também estou vendo as coisas”.

Os vídeos também são uma forma de matar a saudade de Leonardo, que hoje tem 31 anos e Stefano de 28. “Estão adultos e moram fora há alguns anos. Um está em São Paulo e outra na Europa”. Rever as imagens dos filhos pequenos e falar com eles agora na vida adulta faz Wilson se encher de orgulho. “Tudo valeu a pena”, destaca.

Agora, com as imagens digitais, Wilson pretende assistir todas e até salvar os arquivos na nuvem, para nunca perder os registros. “Depois que a quarentena passar, quero reunir a família para assistirmos juntos. Pensei ainda em fazer edições de vários vídeos, deixá-los menores e enviar por WhatsApp. Assim é uma forma de aproveitar melhor e rever outras vezes”.

Quem quiser contratar o serviço, o contato do Juliano é o: 9-9270-9930.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Wilson fez até selfie para registrar o momento que reviu um vídeo. (Foto: Arquivo pesoal)
Wilson fez até selfie para registrar o momento que reviu um vídeo. (Foto: Arquivo pesoal)