A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

16/03/2017 12:32

Em vídeo no Instagram, Priscila Pires denuncia ameaças do ex-marido

Paula Maciulevicius
Na gravação, Priscila começa os vídeos dizendo que não é a primeira e infelizmente não será a última mulher a sofrer com o poder que os homens insistem em achar que tem sobre as mulheres.Na gravação, Priscila começa os vídeos dizendo que não é a primeira e infelizmente não será a última mulher a sofrer com o poder que os homens insistem em achar que tem sobre as mulheres.

Em quatro vídeos de menos de 1 minuto, a ex-BBB e jornalista Priscila Pires, denuncia as ameaças que tem sofrido do ex-marido, o empresário Bruno Andrade. Nas postagens feitas nessa quarta-feira (15) no Instagram, Priscila até colocou os prints das conversas de WhatsApp em que Bruno diz "entenda uma coisa sua p*, desgraçada, se você não for minha, não será de fdp nenhum".  

Segundo aparece nas imagens, as conversas são de abril e julho de 2016. Bruno ainda ameaça dizendo que vai chegar ao extremo e que vai jogar o nome da ex-mulher na lama. "Quero ver qual macho vai te querer. Eu te avisei, tenho família e vamos acabar com você. Você vai ver".

Em outra conversa, Bruno ressalta o "poder" de sua família. "Já tiramos sua loja, grana, casa. Ficou na merda e acha que deu a volta por cima?... Vou agora tirar os meninos de você". Priscila e Bruno ficaram juntos por quatro anos, tiveram dois filhos: Gabriel e Pietro e terminaram o casamento em 2015.

Paralelo às ameaças, a Polícia indiciou o namorado de Priscila por estupro. Sobre o caso, a advogada que representa o empresário, disse ao Lado B que quem cuida do inquérito é a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente e que informações seriam somente dadas pelo delegado e quando existir uma ação penal, seria diretamente com a promotoria do Ministério Público. 

Nas gravações, Priscila rebate as acusações em cima do namorado e diz que a obsessão da família do Bruno chegou a "uma proporção tão grande, absurda, criminosa e irresponsável", que não existem provas e que tudo não passou de um vídeo amador "manipulado".

"O que existe são laudos feitos por mim onde fiz questão que fossem feitos, que ali provam o carinho e respeito entre meus filhos e meu parceiro. O que existe também é um vídeo amador extremamente manipulado por uma mulher doente".

Priscila até colocou os prints das conversas de WhatsApp. Priscila até colocou os prints das conversas de WhatsApp.

Na gravação, Priscila diz que não é a primeira e infelizmente não será a última mulher a sofrer com o fim de um relacionamento. "Mas não do relacionamento em si e sim do poder que os homens insistem em achar que tem sobre a gente. De bater no peito e falar que são os nossos donos, muitas vezes usam da violência sexual, física, psicológica e patrimonial".

Priscila ainda fala que precisou pedir medida protetiva contra Bruno, mas que "na ingenuidade, retirei acreditando na harmonia que teríamos com as crianças e hoje o ataque do covarde é em cima da minha felicidade".

Morando em Campo Grande desde o final de 2015, o Lado B já esteve na casa de Priscila no sétimo mês de mudança dela. Por telefone, a jornalista disse que não se pronunciaria além do que já foi postado no Instagram por recomendação do advogado.

"Eu peço que Deus me dê forças, proteja e blinde os meus filhos dessa maldade, desse sentimento horroroso de posse. Quando se agride uma mulher, você agride a sua casa, os seus filhos e ficam marcas para sempre", fala na gravação.

Sobre as ameaças, o escritório que representa o empresário Bruno Andrade, Renata Pimentel Advogados, sustenta que ele desconhece a veracidade das conversas e que as providências judiciais cabíveis serão tomadas.

No Instagram, Priscila ainda encerra dizendo que não vai desistir de ser feliz, que vai lutar pelo direto de recomeçar e espera que a justiça seja feita. 

Curta o Lado B no Facebook

 



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.