ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 10º

Comportamento

História de abortos em Mato Grosso do Sul rende prêmio internacional

Série que investiga caso em Campo Grande foi a única brasileira a vencer o prêmio

Por Thailla Torres | 20/06/2024 11:02
A série Caso das 10 mil foi a única brasileira a levar o prêmio internacional
A série Caso das 10 mil foi a única brasileira a levar o prêmio internacional

O maior processo sobre aborto ilegal no Brasil ocorrido em Mato Grosso do Sul rendeu prêmio intercional ao podcast Caso das 10 Mil, da Folha de São Paulo. A produção lançada em agosto de 2023 venceu o International Women's Podcast Awards na categoria de produções em língua não-inglesa.

O prêmio reúne trabalhos feitos por mulheres e pessoas não binárias e foi criado pela empresa britânica de áudio Everybody Media. A cerimônia de entrega dos troféus aconteceu nesta quarta-feira (19), em Londres.

A série foi a única brasileira a levar o prêmio. Entre as premiadas estão produções da jornalista americana Sarah Koenig, responsável pela primeira temporada do podcast Serial, e de veículos como a BBC.

Caso das 10 Mil investiga a derrocada da clínica especializada em abortos em Campo Grande que levou ao processo de quase 10 mil mulheres e a um acirramento da disputa política sobre o tema no país.

As repórteres Angela Boldrini e Carolina Moraes viajaram a Campo Grande, Brasília, Belo Horizonte e Uberlândia para resgatar a história da clínica e debater os caminhos da discussão sobre direitos reprodutivos no Brasil.

Em abril de 2010, a ex-funcionárias da clínica foram condenadas por aborto ilegal. A médica responsável se suicidou antes do júri popular.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias