A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Maio de 2019

21/11/2018 08:59

Qualquer um pode ser Papai Noel por um dia adotando cartinhas nos Correios

Projeto Papai Noel dos Correios começou nesta segunda com pedidos que vão de ioiô a piscina "de verdade", mas sem água

Thaís Pimenta
(foto: Thaís Pimenta)(foto: Thaís Pimenta)

São 34 dias para o Natal e enquanto milhares de crianças pedem brinquedo, o Bom Velhinho pode ser você. A tradicional campanha dos Correios está aberta e é só passar na agência para virar Papai Noel.

Nas sete mil cartinhas dispostas na agência Central dos Correios, alguns brinquedos continuam campeões de pedidos: carrinhos com controle remoto e boneca, especialmente, do modelo Lol. A coordenadora do projeto, Olga Martins Torres, confirma que já são 29 anos de campanha com esses pedidos no topo do ranking.

Mas nem todas as crianças querem as mesmas coisas e, na verdade, tem muitos desejos surpreendentes nas cartinhas. Um menino de quatro anos pediu como primeira opção de presente um pássaro de brinquedo, já a menina de 6 aninhos pediu uma sereia, o que a Mamãe Noel Carolina Fagundes espera ser um brinquedo. "Eu acho que aqui ela está pedindo uma boneca sereia né?", questiona ela, assumindo o desafio pra si. 

 

 

Carolina Fagundes, Claudio Tadashi e uma das ajudantes do projeto Papai Noel dos Correios. (foto: Thaís Pimenta)Carolina Fagundes, Claudio Tadashi e uma das ajudantes do projeto Papai Noel dos Correios. (foto: Thaís Pimenta)

E tem criança que tenta até ser econômica, apesar do tamanho do pedido. A menina de 7 anos, por exemplo, pediu uma "piscina de verdade na minha casa", mas facilitou um pouco as coisa dizendo  "que não precisa encher". Ioiô e até mesmo um hamster de mentira estavam entre os pedidos criativos da garotada.

"Cada um pede o que quer, de verdade. Tem pedidos mais caros, mais simples,e cada criança costuma dar mais de uma opção. São selecionadas Escolas e Ceinfs que nunca entraram no programa, que contam com alunos em situação carente. As crianças escrevem como parte do conteúdo as cartinhas e recebem os presentes nas escolas", conta Olga.

Este ano, só em Campo Grande, são cerca de 7 mil cartinhas. Agora contando a Capital com os outros 25 municípios inclusos no projeto o número sobe para 9579 cartas.

"O projeto começou na segunda-feira e já temos 2386 cartas adotadas e o prazo máximo para adoção é no 7 de dezembro, na Central e no dia 8 de dezembro na agência do Shopping Campo Grande. Claro que esse número muda o tempo todo né? Se fomos no sistema agora vai ter aumentado mais um pouco", completa a coordenadora.

Tatiana Scanoni e Helena. (foto: Thais Pimenta)Tatiana Scanoni e Helena. (foto: Thais Pimenta)

No ano passado, apenas 72 cartas não foram adotadas em Campo Grande. "Existem sim aqueles que adotam e não entregam os presentes, mas nós cobramos via telefone, via WhatsApp, somos bem exigentes nesse ponto".

É o segundo ano que Tatiana Scanoni Daige ia até os Correios adotar uma cartinha de amor. Nos braços da mãe, Helena, também 'escolhia' a sua cartinha. "É difícil escolher, são pedidos muito diferentes. Peguei uma cartinha que pede uma camiseta e a Helena escolheu a menina que pede um estojo de maquiagem", completa.

Detalhe a parte para a decoração das cartinhas, algumas contam até mesmo com colagens bem feitinhas. Outras, mais simples, são decoradas com desenhos feitos pelas próprias crianças. O que vale é a criatividade e a fé natalina!

As cartinhas estão disponíveis na Agência Central dos Correios, na Calógeras, 2309, e podem ser retiradas até o dia 7 de dezembro.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.

Colagens fazem parte das decorções. (Foto: Thaís Pimenta)Colagens fazem parte das decorções. (Foto: Thaís Pimenta)
Ela quer uma piscina mas não precisa estar cheia. (foto: Thais Pimenta)Ela quer uma piscina mas não precisa estar cheia. (foto: Thais Pimenta)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.