A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Maio de 2019

25/12/2018 07:37

Quando um filho nasce, outro sentido para o Natal surge dentro de casa

O primeiro Natal depois da chegada de um bebê faz muito adulto durão pensar na festa de outro jeito.

Thailla Torres
Arthur, de 8 meses, ri de todas as brincadeiras e enfeites natalinos feitos pela família. (Foto: Carlos Brandão)Arthur, de 8 meses, ri de todas as brincadeiras e enfeites natalinos feitos pela família. (Foto: Carlos Brandão)

As pessoas crescem e o Natal vai perdendo a graça. Mas aí chegam os filhos e a festa volta a ter significado, com direito a tudo que se inventou ao longo dos anos. A casa ganha um monte de luzinhas, penduricalhos e pacote embalado com papel colorido.

Há muito tempo não se via uma árvore de Natal na casa da supervisora acadêmica Marcela Sol, de 28 anos, mãe da pequena Joana, de 10 meses. Agora, além de decoração natalina, até em ensaio especial a mãe investiu para não perder um minuto da magia e do encantamento da filha com esse período do ano.

Joana completa hoje 10 meses de vida. (Foto: Diva Estuqui)Joana completa hoje 10 meses de vida. (Foto: Diva Estuqui)
Ela fez um ensaio pra lá de fofo no Parque das Nações Indígenas. (Foto: Diva Estuqui)Ela fez um ensaio pra lá de fofo no Parque das Nações Indígenas. (Foto: Diva Estuqui)

"O Natal mudou bastante, pelo fato da Joana ter nascido. Hoje eu conto os meses e estou vivendo cada momento do primeiro ano da maternidade. As fotos de Natal fiz porque não quero perder nenhuma fase dela", conta Marcela.

Até o ano passado, Natal para Marcela era um data importante, mas para comer bem. "Mudou bastante, se tornou importante pelo fato dela ser pequena, de poder ver todo mundo, estar com pessoas queridas", diz. "Árvore de Natal? Isso era coisa que não tinha há anos dentro de casa".

Joana gosta das luzes e, principalmente, as bolinhas vermelhas chamam atenção pela casa. "A chegada dela deu um toque especial. Fora que eu aprendi muito em 2018. Acho que o primeiro ano de qualquer momento da minha vida nunca me emocionou tanto como a maternidade", descreve Marcela.

Arthur é a alegria de Julia e o marido neste Natal. (Foto: Carlos Brandão).Arthur é a alegria de Julia e o marido neste Natal. (Foto: Carlos Brandão).
Ele amou fazer as fotos. (Foto: Carlos Brandão)Ele amou fazer as fotos. (Foto: Carlos Brandão)

Com a proximidade do Natal, a funcionária pública Julia Thompson, de 32 anos, transformou a casa com  a decoração natalina. O clima não é o mesmo, garante. "Esse ano está tudo diferente, vamos viajar para curtir o Natal ao lado da família e do meu avô que tem 92 anos, mas com o Arthur a gente está fazendo tudo com muito mais amor", conta.

Mimos, árvore de Natal, presentes e até o Papai Noel não vão faltar. "Ele fica encantado, ri o tempo todo, gosta de ver as luzes piscando", diz.

Pela falta de tempo e inspiração, a árvore de Natal há muito tempo não era montada. "Mas ele mudou nosso clima. Agora eu tenho motivo extra em casa. Fizemos  fotos em um estúdio com cenário de Natal, ele se divertiu muito".

A pequena Sofia também protagonizou um ensaio lindo em família. (Foto: Click Kids)A pequena Sofia também protagonizou um ensaio lindo em família. (Foto: Click Kids)

Na família de Tany Brito, de 35 anos, Sofia trouxe não só alegria neste Natal, mas muita esperança. A menina sorridente que encanta em cada retrato é a força para Tany e a família manterem as tradições. Isso porque o avô, o mais apaixonado por Natal, faleceu há pouco tempo.

"Esse ano estamos muito emotivos no Natal, porque na minha infância, quem preparava cada detalhe, escondia o brinquedo e montava a árvore, era meu avô. Então, hoje eu faço cada ritual como se ele estivesse aqui, celebrando também o nosso primeiro ano de Natal ao lado dela".

Sofia é alegria da família, o riso fácil dos tios, primos e da irmã mais velha, de 17 anos. "A árvore de Natal está cheia de presentes especiais, entre a família há uma ansiedade para viver esse momento com ela, porque queremos que ela ame o Natal assim como todos".

Tany não tem dúvidas, que mesmo na ausência do avô, o Natal será eterno. "Eu acredito em Papai Noel até hoje por causa dele. As frutas, a ceia, a família e o amor dentro dentro da nossa família, foi ele quem ensinou. Vai ser mais um ano de união e agradecimento pela vida".

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Família feliz de Tany Brito. (Foto: Click Kids)Família feliz de Tany Brito. (Foto: Click Kids)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.