A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019

02/09/2019 08:09

Tem vontade de ajudar uma causa? Confira lista de locais para doar tempo e amor

Lado B listou 20 grupos, ONGs, programas e Instituições que fazem o trabalho solidário em Campo Grande

Danielle Valentim
Projeto AME na favela do Mandela em Campo Grande. (Foto: Danielle Valentim)Projeto AME na favela do Mandela em Campo Grande. (Foto: Danielle Valentim)

A caridade e o amor ao próximo são coisas que nunca devem se esgotar. Engana-se quem pensa que a ajuda é só financeira. Entre Ongs (Organizações Não Governamentais), programas de ajuda, entidades religiosas, associações e grupo de amigos, o que mais falta são voluntários dispostos a doar tempo e amor. O Lado B preparou uma lista para interessados começarem a ajudar a partir de agora. 

Mãos Que Ajudam- O programa permanente de ajuda humanitária e de serviço comunitário de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias mobiliza milhares de voluntários em todo o Brasil. O grupo atua em parceria com outras entidades, instituições religiosas, empresas privadas, órgãos governamentais ou organizações assistenciais para levar ajuda a orfanatos, creches, ruas e onde houver necessidade de mão de obra.

Desde reforma em escolas e praças a esforços de captação de itens para doação, os voluntários já atuaram em diversas instituições. Entre algumas das ações realizadas estão o plantio de árvores em parques, campanha de doação de sangue, e ajudas em asilos e orfanatos. Para saber mais e como ajudar, entre em contato com Isaías (99146-6445) ou Valéria (99251-0694) ou visite o site do programa.

GAV ‒ O Grupo de Amor à Vida é uma entidade que luta contra o suicídio e conta unicamente com voluntários para ajudar aqueles que estão sofrendo. O Grupo está sempre precisando de novos atendentes para plantões de 4 horas semanais.

Pelos números 141 em Campo Grande ou (67) 3383-4112 e 3383-4113 voluntários estão disponíveis para ouvir aqueles que estão sofrendo. Atualmente o GAV conta com apenas 36 voluntários, quando o ideal seria 60 pessoas para cobrirem todos os horários.

Os novos voluntários passam por treinamento de cerca de 3 meses, no qual aprendem a ouvir. Quem deseja conhecer o serviço, pode visitar o local, que fica na Rua Alexandre Farah, 37, Bairro Amambaí. Os treinamentos acontecem às quartas-feiras à noite, aos sábados ou domingos à tarde.

Cotolengo – A instituição atende crianças com paralisia cerebral grave. Os voluntários podem ajudar com o tempo que dispuserem na cozinha, limpeza, lavanderia, além de alimentar as cerca de 50 crianças. Além disso, voluntários capacitados nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia e enfermagem também são bem vindos.

Conheça mais do trabalho realizado pelo Cotolengo pelo site da instituição ou faça uma visita à entidade na Rua Jamil Basmage, 996, no bairro Mata do Jacinto, em Campo Grande.

AACC - A Associação dos Amigos das Crianças com Câncer conta, atualmente, com cerca de 370 voluntários ativos, nos diversos setores da Instituição, da Casa de Apoio e CETOHI (Centro de Tratamento Onco Hematológico Infantil), mas a chegada de mais pessoas dispostas a doar seu tempo nunca é demais.

Os voluntários podem ajudar em eventos, setores de Captação de Recursos da Instituição (Bazar, Brechó, Cantina), brinquedotecas Casa de Apoio e CETOHI, Cozinha de Produção/Cantina e Cozinha da Casa de Apoio, Almoxarifado/Triagem e colaboração (Manutenção, Informática, Artesanatos, Salão de Beleza, Bem-Estar, Musicalização, Administrativo, Transporte).

Para ser voluntário da AACC/MS você precisa ter acima de 18 anos, disponibilidade de tempo, compromisso com a causa, sua missão e valores, atitudes positivas, acreditar na Causa, responsabilidade com horários, freqüência e permanência, participação nos treinamentos e eventos da instituição e respeito as normas e regras da Instituição e do setor.

Interessados podem se cadastrar pelo site. Qualquer dúvida ou informação sobre o Voluntariado da AACC/MS deverá ser encaminhada ao e-mail: voluntariado@aacc-ms.org.br.

Pestalozzi – Criada em 1979, a Sociedade Pestalozzi promove ensino e aprendizagem a crianças e adolescentes com deficiência mental e ou distúrbios neuro-motores. Tendo como base três pilares: a educação, o social e a político.

Além de doações no local, a instituição recebe por boletos gerados em parceria com a Caixa Econômica Federal. Para que o contribuinte possa aderir a este novo meio basta preencher ficha e enviar a pestalozzidp@terra.com.br. Para quem deseja doar um tempo ou serviço é só procurar a Instituição. O telefone é o 67 3316-7613 ou 7600.

Casa da Criança Peniel – A Organização Não Governamental fundada em Campo Grande em 1993 atende crianças e adolescentes vítimas de situações onde houve violações de direitos.

O propósito é promover transformação, através de ações que proporcionem convívio familiar e comunitário, buscando desempenhar e garantir o direito de receber cuidados, proteção e afeto em ambiente familiar.

O Grupo se preocupa, ao máximo, com a garantia na melhoria da qualidade de vida, assistência material, emocional, espiritual, psicossocial e profissional para crianças e adolescentes e, assim, preservar os seus direitos. Os interessados podem ligar no 3383-7867.

Clube de Mães – O projeto desenvolvem trabalhos voltados às mães, filhos e gestantes carentes do Bairro Vespasiano Martins. Com o slogan "Junte-se a Nós", o grupo atende até 350 crianças em dia de evento.

O voluntário pode oferecer qualquer tipo de serviço ou atividades. Joselina Ximenes, explica que a maioria das crianças está em situação de vulnerabilidade e precisa participar de atividades recreativas e socioeducativas. O local conta com duas varandas cobertas uma com 7m² e outras de 10 m². Quem tiver interesse, pode entrar em contato com Joselina no (67) 9 9277-1733.

Amizade Solidária - O grupo de amigos recebem doações e as distribui em comunidades carentes. Segundo Fernanda Barros, profissionais de todas as áreas podem participar para orientar e palestras as crianças assistidas. Cabeleireiros sempre são bem-vindos. Quem tiver interesse pode doar o valor em dinheiro entrar em contato pelo telefone (67) 9 8179-8033 ou pelo email: amizadesolidariams@gmail.com .

Amigos da Solidariedade – o projeto realizado há mais de 11 anos atende mais de 300 crianças, na Casa da Solidariedade, que fica na Rua Abunã, em frente ao número 74, no Jardim Itamaracá. Quem quiser ajudar pode entrar em contato com Wagner: (67) 9 9117-2352.

No próximo dia 13 de outubro, o projeto realizará evento para 300 crianças. Interessados em ser voluntários podem entrar em contato.

Zé do Anache - O Masc (Movimento de Apoio Social Campo-Grandense) atende famílias de todas as regiões da Capital. O presidente José, defende que "existem muitos conceitos de felicidade, mas o melhor é o sorriso estampado no rosto de uma família fortalecida".

O projeto tem recebido cursos de geração de renda gratuitos ministrados pelo Senar, mas também precisa de voluntários em todas as áreas. O Masc também recebe estagiários. Interessados podem entrar em contato com o (67) 9 9201-0873 ou Rua Francisco Pereira Coutinho, 2.471.

Grupo Fraterno Pingo de Luz - A entidade tem como lema " a união faz a força", e reúne voluntários para dar suporte às famílias do Jardim Noroeste. Todo tipo de doação ou voluntariado é bem-vindo. Contato: Arino Fonseca - (67) 9 8105-6780.

Lar Lygia Hans - A entidade acolhe crianças e adolescentes de Campo Grande que tiveram seus direitos violados e estão aguardando decisão judicial. Se você quiser ajudar essa causa entre em contato com (67) 3373-7331 ou se dirija à Rua Cianorte, 91, Jardim Tarumã.

Esquadrão da Juventude – A organização sem fins lucrativos se aproxima dos 7 anos e sempre mobiliza festas de Natal e Páscoa para crianças em situação de vulnerabilidade. Todos os anos, o grupo entrega brinquedos para divertir os pequenos.

Agora em 2019, a novidade é o atendimento de beleza gratuitos em cinco regiões de Campo Grande: Tijuca, Los Angeles, Aero Rancho, Caiobá e Cristo Redentor.

As mulheres podem se cadastrar e uma vez ao mês ganhar manicure, pedicure, massagem e designer de sobrancelhas. Além do atendimento gratuito, o Esquadrão da Juventude se prepara para oferece cursos profissionalizante a essas mulheres. Interessados em ajudar a causa podem entrar em contato com Fábio - (67) 9 9111-4902.

Voluntários do Amor – A iniciativa colabora com a comunidade Bom Retiro. Os trabalhos acontecem na casa de Leila Kemp. Quem quiser participar, doar mantimentos ou somar com mão de obra pode entrar em contato com a Leila pelo telefone (67) 9 9902-8102.

“Estamos abertos a pessoas que quiserem vir somar conosco. No sábado (31) um grupo de amigos vai fazer um lanche para 200 crianças. Mas também teremos a festa do Dia das Crianças no dia 19 de outubro”, conta.

Mão Solidária – Há quatro anos prestando serviços e distribuindo roupas, brinquedos, alimentos e artigos para bebês em comunidades da cidade, o projeto Mão Solidária recebe doações e também a ajuda de voluntários. Os interessados podem procurar Wesley Ribeiro pela redes sociais ou pelo (67) 9 9212-1195.

Residencial Ronaldo Tenuta – A Associação de Moradores do Residencial Ronaldo Tenuta, da Vila Fernanda - região do Caiobá – precisa de voluntários em doações de mantimentos e de tempo. A associação está preparando uma festa para as crianças no dia 12 de outubro. Neste ano, o evento será uma grande ação social com cortes de cabelo e grupo para recreação dos pequenos.

Interessados podem entrar em contato pelos telefones (67) 3385-4073 e (67) 9-9273-0459, com Carlos Romero, presidente da entidade.

Lar dos Sonhos Positivos - Criado em 1996, o espaço é destinado ao atendimento a crianças e adolescentes vivendo e convivendo com HIV/Aids. A instituição atende 44 crianças e 25 famílias e recebe doações em dinheiro e de materiais, como de higiene e itens para revenda em bazar.

Para ser um colaborador mensal, é só acessar o endereço: https://apoia.se/lardossonhospositivos.
As doações podem ser realizadas ainda por meio de depósito bancário: Banco Sicredi (748), agência 0911 / conta corrente 26632-1, razão social Afrangel. O Lar dos Sonhos Positivos fica na Rua do Seminário, 2170, no bairro São Francisco. O telefone é (067) 3365-0590.

Projeto AME – O grupo Amparo Move a Esperança realiza um trabalho socioeducativo com crianças na Favela do Mandela formada por mais de 300 barracos. O projeto precisa de voluntários para brincar com as crianças em situação de vulnerabilidade.

Os encontros ocorrem todos os sábados e os interessados em ajudar podem procurar o projeto pelo Instagram ou pelos telefones de Alana (067) 9 9243-2062 e Elenir (067) 9 9271-8820.

Cica - O Centro de Integração da Criança e do Adolescente tem a missão de oferecer às crianças, adolescentes e seus familiares em situação de vulnerabilidade oportunidades para melhoria de qualidade de vida, ampliando o acesso aos serviços públicos e à justiça social.

O grupo é composto por um quadro de voluntários, em número ilimitado, como assistente social, educadores sociais, pedagogos, educador físico, cozinheira, serviços gerais, artista plástica e estagiários. Para ser um voluntário é só entrar em contato pelas redes sociais ou telefone (67) 3387-9627.

Doutores do Reino – O projeto surgiu dentro da Igreja Batista Coronel Antonino em 2012. Os voluntários fazem um trabalho de formação de novos "doutores" e não há a obrigatoriedade da pauta sobre fé.

O Doutores do Reino está no Facebook e permite que novas pessoas façam parte deste projeto, mas para isso é preciso encarar um curso de formação com 6 meses de treinamento. Interessados podem entrar em contato pelo 67 99202-6737.

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.