ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 10º

Consumo

Estilista terena, Edenilson lança coleção de moda indígena

Artista trabalha com a técnica do grafismo para mostrar a cultura e etnia terena

Por Letícia Ávila | 18/03/2021 06:21
Looks são trabalhados no grafismo com identidade terena (Foto: Edenilson Delgado)
Looks são trabalhados no grafismo com identidade terena (Foto: Edenilson Delgado)

Com gosto pela criação, Edenilson é um artista. Além de estudante de Artes Cênicas e bailarino clássico, aos 25 anos decidiu investir nos talentos da moda para criar uma linha de roupas que contasse a história de seu povo indígena.

De pai terena e mãe preta, Edenilson Dias Delgado teve o apoio deles como base para criar o Ateliê Terena, que desenvolve roupas utilizando a técnica do grafismo para trazer estampas terenas aos looks.

De Anastácio, aprendeu a costurar com sua avó Tereza com apenas 13 anos. “Eu tenho um irmão gêmeo e então minha avó sempre fazia roupas iguais pra gente. Quando ela fazia as roupas, eu sempre observava ela, sempre fui muito observador”.

Trabalho de grafisco é feito à mão. (Foto: Edenilson Delgado)
Trabalho de grafisco é feito à mão. (Foto: Edenilson Delgado)
O artista desenhou e pintou a coleção de roupas (Foto: Edenilson Delgado)
O artista desenhou e pintou a coleção de roupas (Foto: Edenilson Delgado)

“Me considero um artista, sou apaixonado por moda e a ideia de criar o ateliê veio desde os meus 14 anos de idade, onde eu passava horas e horas desenhando e criando looks”. Além da inspiração terena, Edenilson também buscava conhecer as artes de outras etnias, como guarani kaiowá, xavante, xingu e outros.

“Meu intuito foi levar a visibilidade do meu povo, da minha etnia e das demais através da moda”.

Apesar da pouca idade e com tantos sonhos, o Edenilson de 15 anos não esperava a decepção que viria com a expectativa de criar sua própria marca. “Em 2012, uma pessoa disse que iria me ajudar a montar minha própria marca. Comprei os materiais, canetas profissionais, montei meu portfólio com os croquis de modelos, investi e desenhei minhas inspirações, e essa pessoa sumiu com meu trabalho. Aí desisti”, conta.

Coleção de roupa inspirada na arte indígena terena (Foto: Edenilson Delgado)
Coleção de roupa inspirada na arte indígena terena (Foto: Edenilson Delgado)

Seguindo na carreira de bailarino mas ainda com o sonho da moda guardado, o estilista resolveu voltar a fazer os grafismos em camisetas. “É um trabalho todo feito à mão, muito demorado e que exige muita concentração”.

De 10 anos para cá, Edenilson desenvolveu seu talento e sua habilidade, com o intuito de resgatar a história do povo terena. Inspirado na etnia terena, ele aprendeu a fazer grafismo com a prima Joemily, da aldeia Dois Irmãos do Buriti.

O sonho ficou mais perto quando ele foi convidado para o concurso de Miss e Mister Indígenas 2019, em Dourados. “Fui para divulgar meu trabalho, uma organizadora viu e gostou da arte e me pediu um vestido com inspiração terena. Quando entreguei o vestido, ela amou e divulgou, todos gostaram muito”.

Edenilson começou a planejar seu ateliê com 15 anos (Foto: Arquivo Pessoal)
Edenilson começou a planejar seu ateliê com 15 anos (Foto: Arquivo Pessoal)
As camisetas de grafismo terena também são destaque do artista (Foto: Arquivo Pessoal)
As camisetas de grafismo terena também são destaque do artista (Foto: Arquivo Pessoal)

No final de 2020, em plena pandemia, o estilista se dedicou a fundo na moda, pesquisando os tecidos, investindo nas estampas e nos desenhos. “Minha mãe Ana Raquel e minha avó Tereza viram meu trabalho e resolveram me apoiar financeiramente para abrir a marca”.

Quando lançou as primeiras peças femininas, em fevereiro, ele conta que queria mostrar que todos podem usar as roupas com grafismo terena. “Muita gente não usa porque acha que vai ferir a imagem dos indígenas, mas não, eu quero é mostrar que a pessoa pode usar e levar consigo um pouco da nossa cultura e da nossa arte”.

Cada grafismo traz um significado diferente (Foto: Edenilson Delgado)
Cada grafismo traz um significado diferente (Foto: Edenilson Delgado)
Roupas também trazem inspiração na mulher indígena. (Foto: Edenilson Delgado)
Roupas também trazem inspiração na mulher indígena. (Foto: Edenilson Delgado)

“Cada grafismo tem seu significado”. Se cada arte tem seu papel no mundo, Edenilson aprendeu um pouco de cada para se expressar. Foi ele que costurou e desenhou as peças, em seu processo de fabricação, e ainda que fotografou e filmou as modelos para sua própria campanha. “Por isso eu falo que eu sou artista, pois me envolvo por tudo que me interessa; eu vou, faço e aprendo”.

Com a força de um jovem artista, afro-indígena e empreendedor, ele garante que a determinação faz parte da sua rotina.“Tem muita gente que tem medo de mostrar a arte que tem, mas eu não, vou e dou minha cara a tapa. Graças a Deus deu tudo certo, estou tendo um resultado maravilhoso e estão reconhecendo meu trabalho”.

Roupas trazem a arte e a valorização da cultura terena (Foto: Edenilson Delgado)
Roupas trazem a arte e a valorização da cultura terena (Foto: Edenilson Delgado)

Com uma nova coleção masculina para ser lançada em abril, Edenilson espera que não só ele alcance reconhecimento, como outros artistas indígenas. “Para que eles possam se inspirar em mim e criar coisas ainda mais grandiosas que as minhas, pois acredito que existe espaço para cada um brilhar, e estou muito orgulhoso de mim”.

“Espero que a marca Ateliê Terena seja reconhecida não só no Mato Grosso do Sul, mas no Brasil e em outros países”, finaliza.

Quem quiser conhecer mais sobre o Ateliê Terena, basta acessar seu perfil no Instagram.

Confira abaixo o desfile completo da nova coleção.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário