ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 30º

Consumo

Loja investe em camisetas de rap e roupas para público “alternativo”

Por Anny Malagolini | 29/05/2014 12:15
Camila abriu a loja há três meses (Foto: Marcos Ermínio)
Camila abriu a loja há três meses (Foto: Marcos Ermínio)

Na rua Antônio Maria Coelho, número 1.290, a loja Hope é mais uma para encurtar caminho de quem compra roupas pela internet porque não encontra o que quer nas ruas. São modelos que fogem do convencional, o que atrai, principalmente, as tribos do rock e rap.

No primeiro contato com a dona da loja, a comerciante Camila Haidar, de 25 anos, já fica claro que ela faz o marketing da loja no visual, que chama atenção.

Com os braços e peito cobertos de tatuagens coloridas, ela comenta que muitos confudem o lugar com um estúdio de tatuagem, o que contribui para que a "tribo certa" entre e compre.

As peças femininas incluem estampas de bolinhas, no clima retrô, mas também há estilo "modinha", como nas estampas “animal print”.

Camila trabalhava como atendente no comércio, quando há três meses resolveu abrir sua própria loja. A ideia, segundo ela, é vender roupas que ela mesmo usaria, e com um valor acessível.

Há muitas camisetas, da marca Rap Power, por exemplo, custam a partir de 65,00. Com corte mais feminino os vestidos trazidos de São Paulo e Goiânia têm preço médio de R$ 70,00.

Camisetas de marca de rap custam a partir de R$ 65,00. (Foto: Marcos Ermínio)
Camisetas de marca de rap custam a partir de R$ 65,00. (Foto: Marcos Ermínio)
E vestido de bolinha custa R$ 69,00 (Foto: Marcos Ermínio)
E vestido de bolinha custa R$ 69,00 (Foto: Marcos Ermínio)
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário