ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 29º

Diversão

Anitta fala da felicidade em ser influência e pergunta se tem que falar "do Sul"

Por Paula Maciulevicius | 15/12/2013 07:34
Entre idas e vindas por todo País para shows, ela diz que faz o que sempre quis, mas ainda é uma surpresa muito grande. (Fotos: Marcos Ermínio)
Entre idas e vindas por todo País para shows, ela diz que faz o que sempre quis, mas ainda é uma surpresa muito grande. (Fotos: Marcos Ermínio)

Ela está em todas. No rádio, na tv, nas roupas e sapatos. Anitta viveu o show das poderosas neste ano de 2013 e prepara novidades para o começo de 2014.Neste sábado, no show que fez no Parque do Peão, em Campo Grande, concedeu entrevista coletiva falando dos planos futuros. Em janeiro, estreia o novo programa na Globo “Sai do Chão” e em fevereiro, grava o DVD no Rio. No meio da agenda atribulada de apresentações e compromissos, ela fala da felicidade em ver todas querendo ser Anitta.

“Fico feliz, lisonjeada e grata. Me sinto bem porque na verdade eu não segui tendência nenhuma, eu saía vestindo o que eu estava afim de vestir e acabava que as pessoas gostavam e seguiam e eu achei isso muito legal, é muito bom”, comenta.

Entre idas e vindas por todo País para shows, ela diz que faz o que sempre quis, mas ainda é uma surpresa muito grande. Sobre o ano que se encerra, ela o considera em particular pelas parcerias musicais.

“Foi um ano especial, teve tanta coisa. Cantar com Roberto Carlos, cantar com Ivete, gravar meu programa, um filme que vai para o cinema ano que vem. Tive várias experiências maravilhosas esse ano”, disse em entrevista coletiva no camarim.

Neste sábado, ao perguntar no Twitter quem viria ao show da Capital, Anitta postou Campo Grande, Mato Grosso. Aqui, na entrevista, a cantora disse que não sabia da chateação. “É porque o pessoal fica do sul, do sul, ai gente, tem que falar mesmo? Se não confundem? Eu não sabia que o pessoal ficava chateado. Mas no Instagram eu botei a sigla, do sul. Calma gente, está bom, eu vou botar. É que pra escrever tudo eu botei só Mato Grosso”.

Uma Anitta no palco e várias pela plateia. Ágata caprichou na produção para o show.
Uma Anitta no palco e várias pela plateia. Ágata caprichou na produção para o show.

Uma Anitta no palco e várias na plateia. Pelo menos na moda da cantora. De barriga de fora, calça jeans justíssima e salto, a jovem Ágata Riquelme trabalhou na produção do estilo para o show da referência. “Ela é linda, é uma novidade”, disse.

Já a estudante Aline dos Santos, de 18 anos, vai além ao dizer que Anitta não só é legal e tem músicas divertidas, como também inspirou muito no estilo. “Pela roupa que veste e a moda que lançou: short curto, cintura alta e salto, principalmente”, completa.

Considerada até como revolucionária do funk, Anitta que segue um estilo mais pop, é para toda família. Pelo menos é o que a profissional de estética, Sabrina Martinelli, de 22 anos, defende, além de ditar moda.

“Na música ela revolucionou o funk que antes era mais pornográfico e modificou, para toda família poder ouvir e na moda, ela colocou roupas que jamais estariam, como o boné”, exemplificou.

Apesar de autorizado, eram poucas as crianças no show. A enfermeira Sandra Ramos, de 40 anos, levou duas sobrinhas de 11. Ela mesmo foi pelo show do Sambô, que antecedeu a musa das meninas. “Elas pela Anitta, eu pelo Sambô. Eu até gosto, é para a idade delas”, contou.

Acionados pela organização do evento, a conselheira tutelar norte, Janaína Pereira Oliveira, foi ao show por orientação do Conselho e da Vara da Infância e Juventude para fiscalizar a presença de crianças e adolescentes nos camarotes open bar. “Viemos a pedido da organização e para alertar para as próximas festas, que open bar não pode ter presença de criança e adolescente. Na pista pode, até 14 anos e acompanhado de responsáveis”, explicou.

Se encontrasse adolescentes na área em que a bebida era livre, o procedimento era o de encaminhar para a segurança, retirar do evento e solicitar a presença dos pais para que viessem buscar. “E eles são advertidos a comparecer ao Conselho Tutelar”, completa.

O show realizado na noite deste sábado no Parque do Peão foi a estreia da GA Produções em eventos. A produtora é daqui, mas até agora só tinha feito shows fora de Campo Grande. A estrutura foi de primeira e é digna de elogios observados não só pelo Lado B.

“Excelente a estrutura. Viemos porque aqui é um lugar bem policiado, não vai ter briga e estamos super bem equipados”, avaliou a empresária Marcia dos Santos.

O professor Renato Aguiar, de 31 anos, curtia o show com a família. “Foi bacana, a entrada que assusta um pouco, mas com relação à estrutura, está bacana”, comentou.

Para a chegada, o trânsito foi tranquilo durante toda a via. No show, número reforçado de seguranças e policiais, assim como de duas ambulâncias para o socorro do público em qualquer ocasião. Os banheiros eram os tradicionais, que inacreditavelmente estiveram limpos durante boa parte da noite.

Como parte da estrutura, lixeiras na pista e área vip e funcionários da organização que retiravam latas e garrafas do chão, as poucas que havia. As faixas sinalizavam onde estava cada camarote e até Wi fi foi disponibilizado ao público.

Show da Anitta foi aberto pela banda Bella Xu, seguida da apresentação de Sambô.
Show da Anitta foi aberto pela banda Bella Xu, seguida da apresentação de Sambô.
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário