ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SÁBADO  25    CAMPO GRANDE 14º

Diversão

Na campanha de abstinência sexual, sociólogo sugere "Sex Education" à ministra

Seriado da Netflix que está na segunda temporada aborda questões difíceis de saúde e identidade sexual até aborto entre jovens

Alana Portela | 27/01/2020 09:25
Seriado britânico fala sobre educação sexual envolvendo juventude, escola, além de orientações sexuais e até aborto.
Seriado britânico fala sobre educação sexual envolvendo juventude, escola, além de orientações sexuais e até aborto.

Depois que a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, propôs a política de abstinência sexual para enfrentar a gravidez precoce e as doenças sexualmente transmissíveis em vez de trabalhar a prevenção, o Lado B foi às ruas para ouvir a opinião das pessoas. A campanha que entra em vigor em pleno Carnaval está dando o que falar, principalmente por impor regras sobre o corpo. 

Sociólogo, Plínio Luiz Domingues não só diz que a campanha precisa ser reavaliada como sugere que Damares Alves assista ao seriado da Netflix. “Acho que a ministra precisa assistir Sex Education para entender. Ela comete erros, porque ao falar da perspectiva sexual de uma pessoa, ela precisa entender mais e essa atitude é uma expressão do conservadorismo”, frisa.

O seriado aborda questões sexuais, gravidez, aborto, orientação sexual e o papel da escola e da família na discussão do tema, além da prevenção. 

Ator e diretor do Maracangalha, Fernando Cruz, vê campanha como ignorância, principalmente em relação à época, de Carnaval. “É uma forma de impor o conservadorismo que existiu durante uma época e tentar restaurá-lo. É uma maneira de coibir a liberdade de expressão e uma visão preconceituosa e atrasada, que vai contra a campanha de prevenção”, destaca. Ele ainda completa que esta é uma época de festividades de gerações. “É minha vida, passou por meus avós, meus pais e agora eu. É um momento que temos a oportunidade de sermos livres e se manifestar da forma que queremos”, diz ele.

Fernando Cruz dá a opinião a respeito da campanha da abstinência sexual e acha isso é fruto da ignorância (Foto: Alana Portela)
Fernando Cruz dá a opinião a respeito da campanha da abstinência sexual e acha isso é fruto da ignorância (Foto: Alana Portela)
Fernanda Serafim é socióloga e acredita que o momento é de educação sexual e não de impor regras (Foto: Alana Portela)
Fernanda Serafim é socióloga e acredita que o momento é de educação sexual e não de impor regras (Foto: Alana Portela)

Fernando e outros entrevistados estavam no Bloco da Jurema, esquenta pré-Carnaval que aconteceu ontem no Jurema Bar, na Capital.

“O Carnaval é uma questão de cultura popular. Sobre a campanha penso que precisamos prestar atenção nas igrejas porque tem relação direta entre isso e a dominação das classes populares. Determina o que o outro pode ou não fazer com o próprio corpo e acredito que o momento seja de educação sexual e não de abstinência sexual”, afirma a socióloga Fernanda Serafim.

O acadêmico de psicologia, Daniel Owens fala que o povo precisa de uma válvula de escape. “Nessa época de pressão da sociedade é um momento de extravasar, não impor a sua verdade para as pessoas e querer que o Brasil faça o que ela pensa. Isso é ridículo”.

Daniel Owens não concorda com a campanha do Governo Federal (Foto: Alana Portela)
Daniel Owens não concorda com a campanha do Governo Federal (Foto: Alana Portela)

Para Jessica Delgado, a campanha tenta impor algo que a ministra aprendeu em sua vida. “Algo que viveu no século passado, hoje não é mais aquele machismo que ela sofreu. O Carnaval é uma forma de liberar o que tem dentro de você”.

Liliane de Souza mais conhecida como MC Lili Black enxerga a proposta da ministra com maus olhos. “É uma palhaçada, fala um monte de coisas e não sei como as pessoas compartilham a ideia dela”.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563 (chame agora mesmo).

Da direita para esquerda; Plínio Luiz Domingues ao lado de Jéssica Delgado, Liliane de Souza e mais uma amiga (Foto: Alana Portela)
Da direita para esquerda; Plínio Luiz Domingues ao lado de Jéssica Delgado, Liliane de Souza e mais uma amiga (Foto: Alana Portela)

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias