ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 29º

Diversão

Pais investem tudo o que podem e filhos viram sensação com fantasias

No bloquinho, crianças são uma sensação à parte como princesas, heroís e até 'Chiquinha'

Por Jéssica Fernandes | 13/02/2024 07:33
Rosinei levou o neto Arthur, de 1 ano e 4 meses, vestido de 'homem aranha'. (Foto: Juliano Almeida)
Rosinei levou o neto Arthur, de 1 ano e 4 meses, vestido de 'homem aranha'. (Foto: Juliano Almeida)

As crianças são uma sensação a parte do Carnaval em Campo Grande. Nas primeiras horas de bloquinho, os pequenos dominam as ruas da Esplanada Ferroviária com fantasias que mostram a criatividade e investimento dos pais.

O Lado B conversou com mães, avós e pais que fazem questão de levar as crianças à caráter para brincar de Carnaval. Alguns revelaram que investem mais de R$ 100 nas fantasias, enquanto outros contam como aproveitam acessórios de aniversários passados ou confeccionam à mão com poucos materiais.

Arthur Serra, de 1 ano, faz parte da turma de crianças que vão fantasiadas de bloquinho. Acompanhada pela mãe, tia e avó, ele estava vestido de homem aranha e aproveitando o primeiro Carnaval. Rosinei Serra Gonçalves, 55 anos, conta que o investimento na roupa não é em vão. “A família é carnavalesca, a mãe dele também e ele está gostando da folia. Investimos R$150 e vale a pena porque chama atenção”, afirma.

Adrielen fez roupa de Mulher Maravilha para a filha brincar no bloco. (Foto: Juliano Almeida)
Adrielen fez roupa de Mulher Maravilha para a filha brincar no bloco. (Foto: Juliano Almeida)

Para o segundo dia de Capivara Blasé, na segunda-feira (12), Adrielen Morel, de 38 anos, estava de Mulher Maravilha com Karine Morel, de 1 ano e 4 meses. Mãe e filha se divertiram usando as cores características de uma das personagens mais famosas da DC.

Adrielen comenta que aproveitou para vestir a filha com o que já tinha guardado em casa. “Aproveitei a saia e o body dos últimos mesversários, combinei com um laço, muito brilho e pronto”, fala. A customização, segundo ela, sai mais em conta para o bolso. “Viemos de unicórnio ontem, amanhã iremos vir de princesas e tudo na ideia de reaproveitar o que tem em casa. Fomos olhar fantasias e são todas R$ 100, R$ 150, então nós adaptamos para ficar mais acessível”, explica.

Outra mãe que aproveitou o bloquinho para usar fantasias combinando com o filho é Lauanny Azevedo Morel, de 32 anos. Ela estava vestida de Wilma Flintstone e Renan Morel, de 1 ano e 7 meses, como Fred Flintstone.

Com TNT, Lauanny produziu fantasia de Fred para o filho. (Foto: Juliano Almeida)
Com TNT, Lauanny produziu fantasia de Fred para o filho. (Foto: Juliano Almeida)

Para fazer a roupa dele, Lauanny recorreu à criatividade, tecido e algumas linhas para costurar. “Eu fiz com TNT laranja e foi bem tranquilo porque é só costurar e fazer os buraquinhos. Foi bem baratinho porque um metro do TNT está R$ 7.99, então com R$ 16 conseguimos montar. O bom é que é fresco e ele está bem à vontade aqui”, destaca.

Em outra parte do bloquinho o casal Veronica Pereira, de 36 anos, e Gabriel Cassiano, de 34 anos, se divertiam com a filha Marina, de 4 anos. Vestida de princesa, ela estava brincando próximo as outras ‘capivarinhas’ do bloco Capivara Blasé.

Marina é uma das que foi vestida graças à criatividade dos pais. Cassiano fala mais sobre o look da filha. “Nós improvisamos com coisas de casa e sem gastos. A saia é da irmã mais velha e o maiô é da natação. Fizemos esse mix”, esclarece.

Caê fez sucesso no bloquinho do Capivara Blasé como Mario Bros. (Foto: Juliano Almeida)
Caê fez sucesso no bloquinho do Capivara Blasé como Mario Bros. (Foto: Juliano Almeida)

O improviso e a criatividade, segundo Veronica, é o que vale no Carnaval porque assim a criança pode brincar à vontade. “O que vale a pena gastar dinheiro com a fantasia ou a criança se divertir?! Porque às vezes você gasta dinheiro e não deixa a criança brincar, pular no chão porque não quer que rasgue a fantasia. Mais vale reaproveitar e a criança brincar porque o importante é isso”, frisa.

Em mais um Carnaval, Tayran Valiente fez questão de levar o filho Caê Valiente, de 6 anos, para aproveitar a diversão do bloquinho. Nas edições anteriores, o menino também estava fantasiado e dessa vez a roupa escolhida foi de Mario Bros.

Para montar a fantasia, Tayran recorreu a diferentes lugares e no final o investimento foi de R$ 70. “Eu comprei a roupa, depois achei o chapéu em outro lugar e ele adorou. Ele está super feliz porque todo mundo interage com ele. Sempre faço o que dá e vamos montando”, conta.

Vestidas de Chiquinha, Bianca e Maitê foram outro destaque do Carnaval. (Foto: Juliano Almeida)
Vestidas de Chiquinha, Bianca e Maitê foram outro destaque do Carnaval. (Foto: Juliano Almeida)

Outro destaque do bloquinho foi Bianca de Alencar Serafin, de 26 anos, e Maitê de Alencar, de 2 anos. Mãe e filha estavam como ‘Chiquinha’ do Programa Chaves. Além da fantasia, o toque final era o grande pirulito, que é marca registrada da personagem.

Esse é o segundo Carnaval da pequena que no primeiro ano veio vestida de princesa. Como a filha gosta do bloquinho, Bianca faz questão de investir na fantasia uma vez no ano. Dessa vez, a roupa de Chiquinha custou R$ 250. “Ela está super feliz, ela gosta de vir caprichada e a mãe também”, conclui.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News

 Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias