A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2018

18/07/2017 06:25

Para provar que a vida não é só trabalho, advogado faz piquenique com vizinhos

Depois do trabalho, reunir amigos e vizinhos no parque também é uma alternativa para o happy hour

Thailla Torres
José com a turma no Parque das Nações Indígenas. (Foto: Arquivo Pessoal)José com a turma no Parque das Nações Indígenas. (Foto: Arquivo Pessoal)

O advogado trabalhista, José Francisco de Souza Bezerra Carvalho, de 28 anos, resolveu sair do trabalho mais cedo por um motivo inspirador: curtir ao lado dos amigos um happy hour diferente. Mas não pense que ele escolheu o bar mais badalado da cidade. A proposta de José foi levar amigos e até os vizinhos para curtir um piquenique no parque em dia de semana.

Simplesmente para o botar o papo em dia ou contemplar o por do sol, a ideia foi pensada para prestigiar a natureza. "Sou subsíndico do condomínio em que moro. Decidi pelo piquenique na intenção acender a vontade das pessoas em passar mais tempo com seus filhos, familiares, amigos e até vizinhos que querendo ou não, fazem parte da nossa história", conta.

Mas outro objetivo foi chamar atenção para uma felicidade longe do compromisso. "É mostrar que a felicidade reside nas pequenas coisas e que a vida não é só trabalho".

Para provar que a vida não é só trabalho, advogado faz piquenique com vizinhos

O gesto foi simples, mas fez toda diferença no cotidiano pessoal e profissional de José. "Trabalho para um grupo de empresas, onde incluir ideias como essas nos empresários e colaboradores é um desafio, mas vale a pena. Precisamos mostrar que a semana não é exclusivamente para as tarefas do trabalho, é possível tirar uma hora que seja, para ir ao cinema, ler um livro e quem sabe até mesmo um piquenique no parque", reforça.

José deixa claro que só quer incentivar o bem estar para quem trabalha a semana toda. "Isso não é um incentivo para abstenção no trabalho, pelo contrário, a ideia está esta aliada ao bem-estar físico, psíquico, social e até espiritualmente do trabalhador", reforça.

O advogado organizou de maneira que a simplicidade fosse o mais agradavel. "O intuito foi prestigiar a natureza, o dia e a infância de pés descalços, fugindo, ao menos um pouquinho, dos celulares e a tecnologia".

Tudo surgiu depois de uma conversa com a vizinhança e acabou sendo surpreendente. "Foi primeira vez que fizemos um piquenique juntos. Convidamos as crianças através de seus pais e decidimos o que cada um iria levar. Nosso condomínio é pequeno, então convidamos também as netas de uma moradora,  já havia participado de outro piquenique, mas ao lado deles foi a primeira vez". 

Para divertir, José levou de tudo a criançada gosta. "Preparamos suco, pão de queijo, chipa, chocolate, biscoitos e pizza. E foi mágica a expectativa das crianças que estavam ansiosas. Valorizo muito esses momentos".

Apesar de ter saído do trabalho mais cedo, José acredita que não perdeu e só acrescentou para produtividade. "Ganhei horas importantes que refletem no meu trabalho, como um colaborador mais feliz e produtivo", diz.

Curta o Lado B no Facebook.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.