A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

28/08/2018 08:13

Periferia é imbatível no "podrão gigante" e tem ironias como o X-Fininho

Thaís Pimenta
Maionese vem a vontade pro cliente e em três sabores diferentes. É um dos nossos diferenciais, disse a sócia.Maionese vem a vontade pro cliente e em três sabores diferentes. "É um dos nossos diferenciais", disse a sócia.

O nome do lanche é uma grande ironia. Afinal, o X-Fininho, do Lanches do Papai, no Jardim Canguru, de "fino" não tem nada. Na verdade, o podrão é um dos mais "compridinhos" que o Lado B já viu.

"Aqui a gente tem bacon, calabresa, duas salsichas, presunto, dois ovos, dois hambúrgueres, mussarela, milho, batata palha, filé de frango, alface, tomate e maionese", diz a sócia-proprietária do local, Kethenn Vanessa Tarantine, de 29 anos.

O carro-chefe da casa é o tal do X-Fininho, que custa R$ 25,00 e que poucos conseguem dar um fim no lanche. “O povo se lambuza pra comer, é engraçado de ver. Eles começam comendo pelas beiradas, e quando vão chegando no meio geralmente desistem e embrulham o lanche pra levar pra casa”, explica ela.

X-Fininho é tão grande que quase não cabe na foto. X-Fininho é tão grande que quase não cabe na foto.

O negócio já existe há mais de três anos e é um sonho do esposo de Kethenn, Dieverson Fernandes Santos, também de 29 anos, o “papai” da lanchonete. “Eu era atendente de lanchonete maiores e trailers pela cidade,ele era o chapeiro, trabalhou com lanche e espetinho desde moleque. Em determinado momento ele disse pra mim que estava cansado de realizar o sonho dos outros e me propôs que abríssemos a nossa própria lanchonete, eu aceitei” comenta a esposa.

A lanchonete começou com mil reais da venda de uma moto que o casal tinha. “A gente tinha três cadeiras de fio e um jogo de mesa emprestado. Alugávamos o ponto da minha irmã, erguíamos o portão, colocávamos a mesa lá fora e atendíamos. O dinheiro que tínhamos era pra comprar ingredientes pros lanches, então no almoço comíamos arroz com alguma mistura, ou só feijão, para ter lanche para servir. Foi difícil no começo, mas hoje já estamos bem mais estabilizados, tem comida na mesa”.

Cozinha era assim quando o casal decidiu abrir a lanchonete. Contava apenas com uma chapa. (Foto: Acervo pessoal)"Cozinha" era assim quando o casal decidiu abrir a lanchonete. Contava apenas com uma chapa. (Foto: Acervo pessoal)
Agora a cozinha ganhou cara de cozinha, com chapas grandes e mais funcionários. (Foto: Acervo Pessoal)Agora a cozinha ganhou cara de cozinha, com chapas grandes e mais funcionários. (Foto: Acervo Pessoal)

A lanchonete abriu neste primeiro momento no Mário Covas, na entrada da favela, e só depois de alguns anos mudaram de ponto para o Jardim Canguru. A proposta do Lanches do Papai, por outro lado, nunca mudou. “A gente sempre serviu lanches grandes, feitos por nós, com hambúrguer caseiro de 150 gramas, tempero nosso, e maionese caseira a vontade. O preço sempre foi mais baixo que o do mercado por conta da região em que escolhemos”.

Hoje no cardápio são 48 tipos de lanches e ainda tem opções de porções. O X-fininho pode vir com adicional de pão e passa a servir duas pessoas, porque o lanche se transforma em dois X-Tudo. “Os casais preferem essa opção, que sai a R$ 32,00”.

Lanches de alcatra também são famosinhos na casa. Mas o mais pedido, em segundo lugar, é o Hot Super, um hot dog bem caprichado, que leva duas salsichas, milho, batata, ervilha, catupiry, presunto e mussarela, que sai a R$ 9,00. “Nossos dogões são servidos no pão de hambúrguer e saem muito bem”, finaliza ela.

O Lanches do Papai está na rua Catiguá, 1043. A lanchonete entrega num raio de até 14 quilômetros do ponto do local.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.



Uns dos melhores lanches que já comi. Pedimos direto em casa.
 
VanessaV em 28/08/2018 15:57:04
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.