A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

03/08/2017 06:10

Prestes a fechar, cliente compra bar e diminui preço da cerveja na Bom Pastor

Êita Pega mudou de direção e virou Music Bar no corredor gastronômico.

Informe Publicitário
Lucilene Ribeiro Sambatti virou proprietária do bar que frequentava.Lucilene Ribeiro Sambatti virou proprietária do bar que frequentava.

Sob nova direção, o primeiro barzinho da Bom Pastor agora está nas mãos de ex-clientes. Lucilene e o marido Adriano Jefferson Sambatti também empresário na área de software para frigoríficos, eram "barzeiros" que já gostavam do Êita Pega. Quando souberam que o local iria fechar, "assuntaram" e em conversa com a dona descobriram a possibilidade de venda. Compraram o bar preferido para a esposa tocar, reformaram e investiram para abastecer o cardápio e não faltar nenhum produto que está anunciado.

"Nós pegamos o local um pouco queimado, abandonado mesmo. Todo mundo me dizia: 'troca de nome', mas eu amo o Êita Pega'", conta Lucilene Ribeiro Sambatti. O sorriso não esconde a alegria de quem diz ter "se encontrado" na vida como dona de bar. E é com esse mesmo sentimento que ela apresenta a nova casa.

Lugar continua com a mesma atmosfera, mas agora como Music Bar.Lugar continua com a mesma atmosfera, mas agora como Music Bar.

O Êita Pega continua com o mesmo nome, só que ao invés de "botequim", traz como complemento "Music Bar", já dando a cara do negócio. As paredes estampam notas musicais e quadros de artistas, mesclando um pouco do que já foi decoração do bar com o perfil dos novos donos.

"Reformamos com o maior carinho do mundo, porque queremos que ele volte a bombar, era o queridinho da Bom Pastor", recorda.

Lucilene foi uma das primeiras clientes, passou a frequentar quando o local deu às caras na Bom Pastor, em 2013, época em que a avenida ainda não tinha o título de "corredor gastronômico". Nos últimos três meses, a vontade de resgatar os tempos em que a casa vivia cheia foi o combustível para o casal investir e reformar, fazendo cobertura, trocando o telão que exibe os jogos às quartas e ainda incluindo o sertanejo na programação de música ao vivo.

"Foi um desafio, porque ninguém mais dava trela para o bar. Agora que os clientes estão começando a voltar. Investimos em cerveja, melhoramos o preço", anuncia a dona. De fora, uma placa afixada mostra os valores da "gelada". Assim, quem passa na rua já sabe que ali está o melhor preço da Bom Pastor.

Tem cerveja de 600ml por R$ 5,90, como a Itaipava Pilsen. O preço máximo é de R$ 10,00 para Eisenbahn, Bohemia e Original. Entre os rótulos artesanais, o bar traz ainda a Colorado, por R$ 26,00.

"Também mexemos no preço das porções, melhoramos o preço e estamos trabalhando com refeições e carnes grelhadas", descreve Lucilene. Os pratos preferidos dos clientes continuam, como a porção "Eita Pega" que vai picanha, linguiça artesanal calabresa, pão de alho, mandioca, farofa e vinagrete, e os pasteizinhos de carne seca com catupiry, além do escondidinho.

Alguns dos drinques que integram o cardápio do bar.Alguns dos drinques que integram o cardápio do bar.

O bar agora não cobra pela taxa de serviço, e o couvert é um dos mais baratos da cidade: R$ 5,00. E, a pedido da clientela, Lucilene acrescentou o sertanejo na casa que sempre tocou só MPB. "As pessoas perguntavam e nós fizemos um teste. Lotou, e agora todo sábado é sertanejo", diz. A música ao vivo começa na quinta e com rodízio entre cantores. "Assim a gente agrada a todos os públicos e ainda dá oportunidade para novos músicos", explica a dona.

No local, o bom atendimento e as reformas não deixam dúvidas de que o Êita Pega está sob nova direção. "Os clientes vêm por isso e pelas caras novas, lá dentro do bar somos eu e meu marido. Esses dias eu tive de atender as mesas, porque estava muito cheio. E é uma delícia, eu amo, me encontrei", sorri.

O casal que antes, como clientes, ia para ouvir música num local aconchegante e acompanhar o movimento da via, agora quer passar o mesmo para a clientela. "O público já está vendo com novos olhos e estamos fazendo de tudo para o Êita Pega voltar a ser o que era antes. Sou a última a fechar da rua, mas tudo bem. A gente gosta, a gente ficava por último", brinca.

A casa abre de terça a domingo, a partir das 18h. Às sextas, por volta das 22h, o bar oferece rodada de tequila aos clientes, de graça. O Êita Pega fica na Avenida Bom Pastor, 329 e também está no Facebook e Instagram.

O Êita Pega fica na Avenida Bom Pastor, 329O Êita Pega fica na Avenida Bom Pastor, 329
imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.