ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  24    CAMPO GRANDE 28º

Lado Rural

Segunda etapa da vacinação contra febre aftosa termina nesta terça

Segundo o relatório preliminar da vacinação, 7.223 propriedades ainda não adquiriram o imunizante

Por José Roberto dos Santos | 29/11/2021 15:30
Gado é vacinado contra a febre aftosa em propriedade rural de MS; Iagro-MS alerta para importância da imunização do rebanho. (Foto: Divulgação) 
Gado é vacinado contra a febre aftosa em propriedade rural de MS; Iagro-MS alerta para importância da imunização do rebanho. (Foto: Divulgação)

Encerra-se nesta terça-feira, 30, a segunda etapa de vacinação contra febre aftosa em Mato Grosso do Sul, para os produtores da região do Planalto. Segundo nota à imprensa distribuída pela Iagro-MS, os optantes de novembro para a região do Pantanal têm até o dia 15 de dezembro para realizar a vacinação do rebanho.

Para o coordenador do PNEFA (Programa Nacional de Erradicação e Prevenção de Febre Aftosa), o fiscal estadual agropecuário e médico veterinário, Fernando Endrigo Ramos Garcia, os dados parciais da campanha demonstram que dos 8.249.323 de animais envolvidos na etapa, 4.712.839 foram vacinados, representando 57,13% do total para as regiões do Planalto e Pantanal.

Segundo o relatório preliminar da vacinação, 7.223 propriedades ainda não adquiriram a vacina contra febre aftosa para a etapa de vacinação até o momento. O diretor presidente da Iagro-MS, Daniel Ingold, reforça a importância da compra até o prazo de 30/11 para as propriedades localizadas na região do Planalto para os animais de 0 a 24 meses, assegurando a manutenção do status sanitário no estado de Mato Grosso do Sul.

Registro da Vacinação – O prazo para o registro de vacinação no Sistema e-Saniagro para pecuaristas das regiões do planalto encerra dia 15 de dezembro e para a região do Pantanal, dia 31 de dezembroe e deve ser realizada por meio eletrônico, no site oficial da Iagro, clicando aqui, ou diretamente no portal GAP no Sistema e-Saniagro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário