ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 25º

Meio Ambiente

Área queimada em Mato Grosso do Sul diminuiu até 83% em 2022

Maior queda foi no Cerrado, com 83% de redução, e no Pantanal, com 61,20%

Gabrielle Tavares | 05/09/2022 16:44
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Boletim do Cemtec/MS (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima) e do Corpo de Bombeiros mostraram que a área queimadas de todos os biomas presentes no Estado diminuíram neste ano, em comparação com o ano passado. O Cerrado foi o recordista, com redução dos incêndios em 83,44%.

No Pantanal a área queimada também diminuiu 61,20%, passando de 570.225 hectares queimados no ano passado, para 221.225 neste ano. O boletim não retrata dados sobre a área queimada da Mata Atlântica, o menor bioma em extensão no Estado, contudo, afirmou que os focos de calor diminuíram 53,28%.

O Corpo de Bombeiros explica que a presença do foco de calor não significa necessariamente que a área foi queimada, já que os satélites de monitoramento classificam como focos de calor áreas com temperaturas acima de 47°C. No Cerrado, os focos de calor diminuíram 64% e no Pantanal, 58,71%.

Dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) também mostram que a maioria dos focos de calor do Pantanal, 95%, estão concentrados apenas em três municípios: Corumbá (62,3%), Porto Murtinho (20,1%) e Aquidauana (12,3%).

Mesmo com a redução da área queimada, a região ainda preocupa. Equipes do Corpo de Bombeiros estão atuando na região desde o dia 28 de maio, empregando 505 militares nas ações de prevenção e combate aos incêndios florestais no Estado.

O tenente-coronel Leonardo Rodrigues Congro, da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), avaliou que as chuvas do mês de agosto ajudaram a impedir o avanço do fogo.

Além disso, também ressalta que a implantação do Plano de Manejo de Fogo permitiu ao Corpo de Bombeiros trabalhar com uma maior presença de bombeiros militares no Pantanal, agindo não só no combate, mas também nas ações de prevenção que são necessárias para a conscientização da população local.

Nos siga no Google Notícias