ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 24º

Meio Ambiente

Casal de pescadores é flagrado com 210 kg de peixe e arma de uso restrito

Por Aline dos Santos | 26/03/2011 12:40
PMA aprendeu mais de 200 quilos de peixe com pescadores. (Foto: Divulgação)
PMA aprendeu mais de 200 quilos de peixe com pescadores. (Foto: Divulgação)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) prendeu ontem um casal de pescadores profissionais com 210 kg de peixe, três armas e 702 metros de redes de pesca (petrechos proibidos).

Uma das armas era de uso restrito das Forças Armadas. O casal de pescadores, residente em Loanda (Paraná) estava em uma barraca, onde foi encontrado o pescado.

Os peixes tinham sinais de captura por petrecho proibido, além de vários exemplares em tamanhos inferiores ao permitido pela legislação.

Em vistoria, os policiais encontraram 10 redes de pesca, uma espingarda calibre 28, um revólver calibre 38, que estava dentro da bolsa da pescadora, uma carabina 44 (uso restrito), além de chumbo, pólvora, espoletas e mais munições calibre 32.

O casal afirmou que capturava os peixes, utilizando as redes, dentro da área do Parque Várzeas do Ivinhema (local proibido.

O homem de 40 anos e a mulher de 35 anos foram levados para a delegacia de Taquarussu. Cada um foi multado em R$ 5.100.

Eles foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória e causar dano direto a Unidade de Conservação, além de porte ilegal de arma de uso restrito. O casal ainda está preso, pois os crimes de pescar dentro do parque e porte de arma de uso restrito são inafiançáveis.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário