ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  24    CAMPO GRANDE 26º

Meio Ambiente

Chuvas estabilizam nível do Rio Paraguai na região do Pantanal

Monitoramento mostrou que em Ladário nível do Rio estabilizou em 58 centímetros positivos

Por Ana Paula Chuva | 15/10/2021 13:33
Rio Paraguai, no trecho em frente ao Casario do Porto (Corumbá) (Foto: Direto das Ruas)
Rio Paraguai, no trecho em frente ao Casario do Porto (Corumbá) (Foto: Direto das Ruas)

As chuvas que atingiram a região do Pantanal em Mato Grosso do Sul nessa semana diminuíram o impacto da seca história registrada na bacia do Rio Paraguai. O Serviço Geológico do Brasil vem monitorando a situação e pelo 3º ano consecutivo a região não apresentou a habitual cheia.

Na segunda-feira (11), a altura do Rio Paraguai em Ladário, a 419 quilômetros de Campo Grande, chegou a registrar 56 centímetros negativos, conforme o indicou o Centro de Hidrografia e Navegação do Oeste, vinculado às Forças Armadas. Terceiro índice mais baixo em 110 anos.

A estimativa do Serviço Geológico do Brasil, na ocasião, era de que a corrente chegaria esta semana aos 59 centímetros negativos, no entanto, as fortes chuvas que atingiram a região impediram o decréscimo diário de 2 centímetros e o rio estabilizou nos 58 centímetros positivos, segundo menos já registrado nessa época do ano.

Na região de Porto Murtinho, a 454 km da Capital, houve aumento de 1 centímetro no nível da água esta semana. Marcando o segundo menor registrado em toda sua série histórica de dados com 82 anos.

De acordo com o pesquisador em geociências, Marcelo Parente Henriques, as chuvas já começaram a apresentar seus efeitos. Para as próximas semanas estão previstas precipitações mais constantes na região da bacia do rio Paraguai, com isto, é provável que a tendência de estabilização do nível se mantenha e em breve se transforme em elevação.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário