ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 16º

Meio Ambiente

Comissão do Senado sobre queimadas no Pantanal vem a MS no dia 3

Em Corumbá, grupo, que deve incluir vice-presidente, vai avaliar a situação da população e das áreas incendiadas

Aline dos Santos | 23/09/2020 11:58
Imagens do fogo se espalhando pelo Pantanal, na madrugada de terça-feira. (Foto: Corpo de Bombeiros)
Imagens do fogo se espalhando pelo Pantanal, na madrugada de terça-feira. (Foto: Corpo de Bombeiros)

Formada para acompanhar incêndios no Pantanal , comissão de senadores aprovou nesta quarta-feira (dia 23), durante reunião remota, viagem a Corumbá, a 419 km de Campo Grande. De acordo com a Agência Senado, a visita será no dia 3 de outubro.  O objetivo é elaborar uma normativa, similar ao “Estatuto do Pantanal”.

O grupo vai avaliar a situação da população e das áreas incendiadas no Pantanal, ecossistema que se distribui por Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Os senadores também aprovaram a realização de audiências públicas na Comissão Temporária Externa do Pantanal para debater atuação do governo na prevenção e no combate às queimadas no bioma.

De acordo com a Agência Brasil, várias autoridades – como o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, e os ministros Ricardo Salles (Meio Ambiente), Tereza Cristina (Agricultura) e Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) - serão convidadas até amanhã pelo presidente e pelo relator do colegiado - senadores Nelsinho Trad (PSD) e Wellington Fagundes (PL-MT) - para conhecerem a situação na região de Corumbá.

Conforme o plano de trabalho, a lista de autoridades também inclui o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), a bancada federal de MS e prefeito Marcelo Iunes (PSDB).

A reunião também terá representantes do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), ICmBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), Funai (Fundação Nacional do Índio), Instituto Homem Pantaneiro, Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul), Acrisul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) e Sindicato Rural de Corumbá.

Somente este ano, a área queimada no Pantanal chega a 2,916 milhões de hectares, sendo 1,742 milhão de hectares no Pantanal de Mato Grosso e 1,165 milhão de hectares no Pantanal sul-mato-grossense.

Nos siga no Google Notícias