ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 32º

Meio Ambiente

Em cinco dias de operação, PMA apreendeu 163 kg de pescado irregular

Por Priscilla Peres | 28/03/2016 08:58
Foram apreendidas 38 redes de pesca neste ano. (Foto: Divulgação)
Foram apreendidas 38 redes de pesca neste ano. (Foto: Divulgação)

Em cinco dias da Operação Semana Santa, a PMA (Polícia Militar Ambiental) apreendeu 163 kg de pescado capturado de forma irregular. Nesse período também expediu 17 autos de infração que renderam R$ 18.320 em multas.

Houve redução nos números em relação ao mesmo período do ano passado, apenas a quantidade de pescado apreendido que cresceu, passando de 50 kg para 163 kg. Dos 14 autuados pela infração de pesca ilegal, três foram presas por pesca predatória e 12 foram autuadas por pescar sem licença, o que não é crime, mas somente infração administrativa.

Com relação aos petrechos de pesca proibidos, destaque para as apreensões de redes de pesca que somaram 38, enquanto na operação passada foram 21. Foram três barcos apreendidos, três motores de popa e dez molinetes.

No total, 320 homens atuaram na operação que focou em prevenir a pesca predatória, em virtude de o número de turistas de fora e do Estado, aumentar significativamente nos rios neste período, especialmente, devido a tradição religiosa de se comer carne de peixe durante a semana santa.

Equipes da sede (Campo Grande) trabalharam itinerantes, em fiscalização no rio Paraguai, Anhanduí, Pardo, Aquidauana, Miranda, Piquiri, Correntes e Taquari, bem como por terra fiscalizando todos os tipos de crimes e infrações ambientais.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário