A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

28/04/2017 12:45

Entidades estudam plano de descarte de resíduos de óleo lubrificante

Priscilla Peres

Mato Grosso do Sul estuda a implantação de um plano de descarte dos resíduos de filtros de óleo lubrificante. O segmento está fora do o sistema de logística reversa ativo desde o ano passado em indústrias do Estado.

“Houve um alinhamento entre as empresas produtoras de filtros com o nosso programa de logística. Vamos refazer parte do edital para atender às demandas e criar um compromisso com a reciclagem dos filtros consumidos em Mato Grosso do Sul”, afirmou o presidente da Fiems, Sergio Longen.

O projeto vai prever que os distribuidores e comerciantes de filtros (já que não há indústria do segmento no Estado) se responsabilizem pelos exemplares descartados e pelo manejo dos resíduos sólidos. “É muito importante que haja uma regulamentação e mobilização do setor em torno da logística reversa”, explica o presidente da Abrafiltros, Marco Antônio Simon.

Diante da reunião realizada ontem, em breve a Resolução da Semade nº 33, que trata da implantação do sistema de logística reversa, será alterada para incluir as empresas de filtros de óleo lubrificante.

“Em breve faremos a alteração, até porque entendemos que filtros de óleos lubrificantes têm um impacto ambiental significativo, especialmente em relação aos nossos recursos hídricos, e qualquer impacto que possa ser minimizado é bem recebido pelo governo do Estado”, finalizou o presidente do Imasul, Ricardo Eboli.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions