A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

21/01/2017 17:29

Pecuarista é multado em mais de R$ 20 mil por represar e degradar nascente

Adriano Fernandes
Represar irregularmente nascente de rios é crime ambiental. (Foto: Divulgação PMA) Represar irregularmente nascente de rios é crime ambiental. (Foto: Divulgação PMA)

Pecuarista foi multado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) de Três Lagoas em R$ 20,6 mil por ter represado de forma ilegal o curso d´água de um nascente em sua propriedade. A fazenda fica às margens do km 95 da rodovia MS 377.

A área irregular também estava degradada pois, no local, era livre o acesso de gado, incluindo nas matas ciliares de uma APP (Área de Preservação Permanente) de um córrego que passa pela propriedade.

Por conta do pisoteio também se formou erosões nas áreas, além do assoreamento do córrego. O pecuarista vai responder por crime ambiental pela degradação de área protegida por lei. A pena é de um a três anos de detenção.

O fazendeiro também foi notificado a apresentar junto ao órgão Ambiental Estadual um plano de recuperação da área degradada (PRADE).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions