A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

15/05/2018 18:02

Plano que traça diretrizes para a Bacia do Paraguai será apresentado em MS

Evento acontece logo mais, às 18h30, no Imasul. O documento foi elaborado em parceria entre Governo do estado e Ministério de Meio Ambiente.

Anahi Gurgel
Vista aérea da bacia do Paraguai. (Foto: Divulgação/Imasul)Vista aérea da bacia do Paraguai. (Foto: Divulgação/Imasul)

Será apresentado nesta terça-feira (15), em Campo Grande, o chamado PRH Paraguai (Plano de Recursos Hídricos da Região Hidrográfica do Paraguai), que traça diretrizes, normatiza e prevê ações voltadas à conservação das águas da bacia do rio Paraguai. O documento será lançado às 18h30, na sede do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), com entrada franca.

O documento foi elaborado a partir de uma parceria entre o Ministério do Meio Ambiente e os governos de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Traz um amplo estudo das águas superficiais e subterrâneas da região engloba metade do território de Mato Grosso do Sul e um terço do estado de Mato Grosso, num total de 362 mil km².

É resultado de um longo trabalho de levantamento de dados, consultas e diagnósticos, análise de especialistas, além de oficinas e reuniões públicas junto aos habitantes de Coxim, Bonito e Corumbá.

Teve início com a caracterização de toda a bacia no território brasileiro, que tem o rio Paraguai como principal curso d’água e abriga a planície pantaneira.

“O estudo identifica problemas já detectados, como os desmatamentos que provocam assoreamento de rios, mas conclui que as águas estão em quantidade e qualidade adequadas, com dificuldades pontuais", informa o Imasul.

O segundo passo foi levantar a disponibilidade e a demanda hídrica e elaborar o balanço do ponto de vista de qualidade e quantidade. 

Pelo estado, houve envolvimento de técnicos da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e o Imasul.

A apresentação ficará a cargo do professor Márcio de Araújo Silva, especialista da ANA (Agência Nacional das Águas), mestre em Ciências Ambientais e Florestais e doutor em Biologia Animal.

O plano será apresentado na próxima semana em Cuiabá (MT). 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions