A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

02/05/2018 09:31

PMA aplicou R$ 51 mil em multas durante operação do Dia do Trabalho

Fiscalização não havia sido reforçada em anos anteriores porque data não provocou o prolongamento do feriado

Liniker Ribeiro
Militar durante uma das fiscalizações durante o feriado prolongado do Dia do Trabalhador (Foto: Assessoria PMA)Militar durante uma das fiscalizações durante o feriado prolongado do Dia do Trabalhador (Foto: Assessoria PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) voltou a reforçar, este ano, as fiscalizações durante o feriado do dia 1º de maio, em alusão ao Dia do Trabalhador, quatro anos após a última operação. Encerrado na manhã desta quarta-feira (2), o balanço final aponta que foram aplicados R$ 51 mil em multas desde a última sexta-feira (27).

Os militares flagraram situações irregulares em relação à pesca predatória, uso proibido de equipamentos para pesca, desmatamento ilegal, exploração irregular de madeira e crimes como contrabando, descaminho e tráfico de drogas.

Ao todo, de acordo com a assessoria de comunicação da PMA, 5 pessoas foram autuadas, contra 15 casos registrados em 2014, ano da última operação. Desse total, uma pessoa foi detida por pesca predatória, três por infração administrativa de pescar sem licença, e outra por exploração ilegal de madeira, situação em que um homem foi autuado por derrubar de 160 árvores.

Também foram apreendidos 20 kg de pescado, 14 redes de pesca e diversos outros apetrechos usados de forma ilegal para pesca, como tarrafas, e um barco. Ainda de acordo com a PMA, a operação não havia sido realizada nos últimos anos porque o dia 1º de maio não havia caído em dias suficientes para prolongar o feriado.



Quanto dessas multas são efetivamente pagas?
 
Alex André de Souza em 02/05/2018 16:51:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions